A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/07/2008 17:38

Funcionários voltam a apontar coação no caso Bertin

Redação

Os cinco funcionários que prestaram depoimento esta tarde na Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e ao Turista) voltaram a afirmar que foram coagidos a mentir para a polícia, que investigava vazamento de amônia ocorrido no frigorífico Bertin, empresa onde trabalhavam.

Segundo o delegado que investiga o caso, Nilson Tobias, os responsáveis pelo frigorífico também serão ouvidos. Os depoimentos serão agendados.

Tobias revela que os trabalhadores alegam ter sido demitidos sem justa causa depois do acidente no local. O delegado pedirá aos representantes da empresa que apresentem documentos para comprovar a legalidade da demissão dos 26 trabalhadores.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions