A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

18/04/2017 08:19

Gaeco e Choque fazem buscas em presídio em operação contra PCC

Viviane Oliveira e Willian Leite
Carro do Batalhão de Choque estacionado em frente ao presídio (Foto: Willian Leite)Carro do Batalhão de Choque estacionado em frente ao presídio (Foto: Willian Leite)

O Estabelecimento Penal Feminino Irmã Zorzi é um dos alvos da operação deflagrada na manhã desta terça-feira (18) pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) para combater o tráfico de drogas em Mato Grosso do Sul.

Pelo menos 20 policiais do Batalhão de Choque, com apoio de cães farejadores, e Gaeco fazem buscas no presídio, que fica na Rua Uruguaiana, no Bairro Coronel Antonino, em Campo Grande. Pessoas ligadas a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capitão) são os alvos da operação denominada Desdita. 

No total, serão cumpridos 24 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão. Além de Campo Grande, as ações acontecem em Dourados, Naviraí, Brasilândia e Ponta Porã. Até agora não foi informado quantos mandados já foram cumpridos. 

Os mandados serão cumpridos em conjunto com a Polícia Militar, por meio do Batalhão do Choque, Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e Dintel (Diretoria de inteligencia da PM). Desdita significa ausência de sorte, má sorte, infelicidade e infortúnio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions