A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Abril de 2018

31/10/2017 11:40

Gilmar Mendes suspende transferência de ex-governador do RJ para a Capital

Transferência de Sérgio Cabral foi determinada no dia 23 de outubro pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal,

Anahi Zurutuza
Ex-governador, quando foi levado para o presídio de Bangu, em novembro do ano passado (Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil)Ex-governador, quando foi levado para o presídio de Bangu, em novembro do ano passado (Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil)

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu habeas corpus a Sérgio Cabral. Na prática, a transferência do ex-governador do Rio de Janeiro para o Presídio Federal de Campo Grande foi suspensa.

Cabral, alvo da Opera Lava Jato, continuará na Cadeia Pública José Frederico Marques, localizada em Benfica, na zona norte do Rio.

Antes de ir ao STF, a defesa do ex-governador, que está preso desde novembro de 2016, tentou três vezes garantir que Cabral ficasse no Rio de Janeiro.

As regras nas penitenciárias federais são rígidas. Os presos, por exemplo, passam 22 das 24 horas do dia sozinhos nas celas e são monitorados 24 horas por câmeras de segurança.

Transferência – O Depen (Departamento Penitenciário Nacional), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, confirmou na quinta-feira, 21 de outubro, que ia transferir o ex-governador Sérgio Cabral para a Penitenciária Federal de Campo Grande.

A transferência foi determinada no dia 23 de outubro pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, a pedido do MPF (Ministério Público Federal) após Cabral ter mencionado, durante interrogatório, informações pessoais a respeito do magistrado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions