A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/04/2009 07:19

Ginecologista é condenado por morte de paciente

Redação

O médico ginecologista Antônio Albuquerque Maranhão, que atua na rede particular em Dourados, município distante 230 quilômetros de Campo Grande, foi condenado a dois anos de detenção por homicídio culposo, aquele em que não há intenção de matar. Ele foi responsabilizado por um procedimento médico que ocorreu durante parto feito em fevereiro de 2005, segundo o site Dourados News.

A pena poderá ser cumprida em regime aberto, caso o médico concorde em prestar 730 horas de serviços gratuitos à comunidade e efetuar o pagamento de 90 salários mínimos, pouco mais de R$ 40 mil, de indenização à família da vítima que mora em Dourados. Ele deverá efetuar o pagamento em 20 dias após a entrega da intimação.

Já o médico pediatra, que participou do parto, Eldecastro Sevilha, que também estava no processo acusado de participação do homicídio, foi absolvido. De acordo com o advogado da família Osmar Blanco, a sentença será recorrida, já que ele contribuiu para que a morte ocorresse.

ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions