A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

30/05/2012 06:38

Goleiro Bruno ganha liberdade condicional; soltura depende do STF

Francisco Júnior
Goleiro Bruno foi preso em 2010 pela morte Eliza.(Lucas Prates/Futura Press)Goleiro Bruno foi preso em 2010 pela morte Eliza.(Lucas Prates/Futura Press)

Decisão do juiz Wagner Cavaliera, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, concedeu ontem (29) liberdade condicional ao goleiro Bruno apenas no processo em que ele foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão no Rio de Janeiro. Em outubro de 2010, o ex-jogador do Flamengo foi julgado por cárcere privado, lesão corporal e constrangimento ilegal contra a ex-amante Eliza Samudio, a quem teria tentado forçar a abortar.

No entanto, a decisão não liberta o goleiro porque ele responde a outros processos. Ele só poderá ser solto caso o Supremo Tribunal Federal (STF) conceda habeas-corpus para o atleta no processo que ele responde, em Minas Gerais, pela morte de Eliza.

O TJ-MG informou que, desde o dia 6 de janeiro de 2012, Bruno já tinha o direito de receber liberdade condicional, mas ela só foi concedida depois que os advogados do goleiro conseguiram a transferência do processo para a comarca de Contagem (MG).

Eliza desapareceu no dia 4 de junho de 2010 quando teria saído do Rio de Janeiro para Minas Gerais a convite de Bruno. Em junho, a Polícia recebeu denúncias anônimas de que Eliza havia sido espancada por Bruno e dois amigos dele até a morte no sítio de propriedade do jogador, localizado em Esmeraldas, na Grande Belo Horizonte.

Eliza acionou a Justiça para pedir o reconhecimento da paternidade de Bruno. (Com informações dos site Terra)



Me revolta saber que essa criatura vai ter liberdade.....esse não se livrará da justiça divina, ele teria que ficar preso para sempre. assassino
 
salomé albuquerque em 30/05/2012 08:41:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions