A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

01/12/2011 19:56

Governo e Fetems não definem índice de reajuste, mas negociação continua

Paulo Fernandes
Governador André Puccinelli discute reajuste com diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação) - a maior entidade sindical do Estado (Foto: Fetems/Divulgação)Governador André Puccinelli discute reajuste com diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação) - a maior entidade sindical do Estado (Foto: Fetems/Divulgação)

O governador André Puccinelli e a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação) iniciaram, nesta quinta-feira, na sede do Poder Executivo, uma negociação sobre a política salarial e melhorias para a categoria, mas ainda não definiram um índice de reajuste para o próximo ano. As negociações continuam na segunda-feira.

Segundo o presidente da federação, Roberto Magno Botareli Cesar, ficou definido que a questão salarial será resolvida em duas etapas. No dia 1º de janeiro, os professores receberão um reajuste, em índice ainda não definido. E até março será definida uma política salarial para os próximos três anos. “Nós queremos ter uma política salarial para receber o piso nacional por 20 horas”, disse.

Puccinelli deverá receber a Fetems novamente no final da tarde da próxima segunda-feira. A reunião tem o objetivo de definir o índice de reajuste salarial da categoria. A Fetems é a maior entidade sindical de Mato Grosso do Sul, representando 54% do funcionalismo público estadual.

Continuam também as negociações a respeito da reforma do Estatuto do Magistério. “Estamos discutindo desde o ano passado”, disse Roberto Magno Botareli Cesar. Ainda segundo ele, o governo se comprometeu a publicar até a próxima sexta-feira as promoções funcionais e o pagamento será retroativo, na folha de janeiro.

Governador recebe diretoria da Fetems para discutir salário e estatuto
O governador André Puccinelli recebe às 15h30 a diretoria da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), que vai apresent...
Capes torna mais rígida avaliação de cursos de pós-graduação
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tornou mais rígida a avaliação dos cursos de pós-graduação no país. De acordo c...


Como sempre confio na nossa federação para conseguir o que nos é de direito.
 
Palmira Meira de Brito em 02/12/2011 12:56:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions