A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

29/08/2010 17:14

Grávida de seis meses é espancada por 15 adolescentes

Redação

Grávida de seis meses, uma jovem de 20 anos, diz ter sido espancada por um grupo de 15 garotas, nesta tarde, às 15h10, enquanto estava em sua casa na rua Genuíno Fornari, no Parque do Lageado, em Campo Grande. Uma jovem de 28 anos, amiga da gestante, tentou protegê-la do ataque e também acabou sendo agredida.

Uma viatura do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar) foi acionada pelo Ciops (Centro Integrado de Operações Policiais) a se dirigir até o local para atender uma solicitação de esfaqueamento de uma mulher grávida, de acordo com informações registradas em boletim de ocorrência.

No endereço da gestante, os policiais militares se depararam com uma viatura do Corpo de Bombeiros e receberam a informação de que a jovem de 20 anos tinha sido agredida por um grupo de meninas, mas se recusou a ser transportada para uma unidade médica.

A polícia entrou em contato com a gestante, que confirmou as agressões e disse que sua amiga de 28 anos interveio na briga e entrou em luta corporal com as adolescentes. Esta relatou aos policiais militares que fez isso única e exclusivamente para retirar a jovem grávida do tumulto.

Segundo informações da amiga da gestante, mais de 15 meninas participaram da agressão. O motivo do espancamento, de acordo com o que ela disse à polícia, é que a jovem de 20 anos é vizinha de uma das agressoras e constantemente sofre provocações.

Neste domingo, o grupo de garotas invadiu a casa da gestante e começou a agredi-la gratuitamente, conforme informado pelas vítimas aos policiais, que decidiram localizar as adolescentes. Encontradas, elas confirmaram que agrediram a mulher grávida e entraram em luta corporal com a amiga dela.

Uma adolescente de 16 anos explicou que a amiga da gestante estava com uma faca de serra, que atingiu sua amiga no rosto. Esta foi socorrida até uma unidade médica.

No entanto, a jovem de 28 anos desmentiu a informação da adolescente, dizendo que quem estava com faca seria uma das integrantes do grupo. Ela chegou a mostrar à polícia um ferimento no braço decorrente de um golpe.

Após minuciosas buscas pelo local, os policiais militares não localizaram nenhuma faca. Eles encaminharam as jovens e as adolescentes ao Ciops. No boletim de ocorrência consta a informação de que a gestante tinha lesões na cabeça, costas, boca e barriga.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions