A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

23/08/2012 09:53

Greve de analistas prejudica atendimento na Receita Federal

Francisco Júnior e Luciana Brazil
Servidores parados em frente à Receita Federal, em Campo Grande. (Foto: Rodrigo Pazinato)Servidores parados em frente à Receita Federal, em Campo Grande. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A greve de um dia dos analistas tributários está prejudicando o atendimento na Receita Federal de Campo Grande. A paralisação foi iniciada na manhã desta quinta-feira (23) e a previsão é de que seja estendida para todo o dia.

O servidor Cláudio Brasil, delegado sindical da SindReceita (Sindicato Nacional dos Analistas-tributário da receita federal do Brasil), informou que a paralisação é de um dia e nesse período nenhum procedimento complexo será feito, como atualização, inscrição e encerramento de CNPJ.

Segundo o sindicalista, os atendimentos prestados serão referentes à pessoa física.

A receita tem unidades em Ponta Porã, Mundo Novo, Corumbá, Bela Vista e Paranaíba, mas conforme o Brasil, não são em todas que os servidores estão parados.

Em Campo Grande, são cerca de 50 servidores que aderiram à paralisação, número que representa 90% dos profissionais que atuam no município.

O sindicalista informa que o governo ofereceu reajuste de 15,86%, valor recusado pela categoria. Ele ressalta que há 3 anos não recebem reajuste salarial e essa porcentagem só compensaria o período em que ficaram sem aumento.

Brasil informa que se o governo concedesse o reajuste os analistas terminaram o ano recebendo o valor de R$ 14 mil, já em 2013 a quantia de R$ 18 mil e em 2014 R$ 21 mil.

Ele reclama que os analitas fazem quase o mesmo trabalho que um auditor fiscal, porém, recebem um salario menor. " Tem que fazemos um processo e o aufitor só assina, e ganhamos muito menos", disse.

Sem citar um percentual, para a categoria, ele disse que eles estão pedindo R$ 14 mil, pouco mais de R$ 18 mil e para 2014 e R$ 21 mil.

Hoje, representantes da categoria irão se reunir com o governo para discutir as reivindicações dos analistas. Caso não cheguem em um acordo, está programada uma assembleia geral para o dia 30.

A paralisação desta quarta-feira acontece em todo o País.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions