A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018

14/12/2010 09:22

Grupo de elite da PM de MS passa a se chamar Bope

Marta Ferreira

Mudança faria parte de projeto que amplia efetivo da corporação

Fachada da Cigcoe já recebeu novo nome, ainda não oficializado. (Foto: João Garrigó)Fachada da Cigcoe já recebeu novo nome, ainda não oficializado. (Foto: João Garrigó)

Considerado o grupo de elite da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, a Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises), vai passar a se chamar Bope (Batalhão de Operações Especiais), nome que ficou famoso após o filme Tropa de Elite, sobre o grupo homônimo do Rio de Janeiro. Embora a alteração ainda não tenha sido oficializada, a nova denominação já está escrita na sede do grupo, na avenida Afonso Pena, em Campo Grande, em meio a uma pintura camuflada.

A mudança faz parte das alterações que a PM pretende a partir da aprovação da a lei que sobre a organização básica, composição e funcionamento da corporação, que inclui o aumento do efetivo de 7 mil policiais para 9,3 mil. O projeto está tramitando na Assembleia Legislativa.

Com o aumento do efetivo, unidades que hoje são companhias vão passar a ser batalhões, com uma estrutura maior. Isso deve acontecer com a Cigcoe, com a Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito) e com a Ciagda (Companhia de Escolta e Guarda), que também ganharão o status de batalhão.

No caso da Cigcoe, a escolha do nome Bope, conforme integrantes da companhia, não teria relação direta com o grupo famoso do Rio de Janeiro e sim com a denominação final usada pela companhia, especializada em operações especiais.

A justiticativa é que há outros estados além do Rio de Janeiro, onde o grupo de elite da PM se chama Bope, como é o caso do Distrito Federal.

O novo letreiro da Companhia, já com o nome Bope, estava descoberto ontem, mas hoje apenas letra e pode ser vista. O motivo alegado é o fato de a alteração ainda não estar oficializada.

O símbolo do grupo não deve mudar. Assim como o Bope do RJ, ele traz uma faca cravada em uma caveira, que se sobrepõe a duas garruchas ao fundo. As informações sobre a heráldica da Cigcoe afirmam que este é o símbolo utilizado por todos as unidades de operações especiais e significa a “ vitória do Policial Militar sobre a morte, em razão dos conhecimentos e treinamento que possui”.



O que precisa sim mudar na minha opinião, é o salário desses trabalhadores. São heróis e merecem melhor tratamento e treinamento para que possam responder à altura do que a sociedade espera e precisa.
 
Karol L. Barros em 21/03/2011 01:20:35
aos nossos bravos gueriros do bope parabens pelo exelente trabalho e desenpennho
 
newton duarte gomes em 18/03/2011 10:03:53
PARABENS E VAMOS LA NA LUTA CONTRA O MAL , O BOPE TEM QUE SER UMA REALIDADE PARA MS , BATENDO DE FRENTE E DANDO A RESPOSTA MERECIDA PARA OS INFRATORES DA LEI .

VITORIA sobre a MORTE
 
MARCIO SILVEIRA em 22/12/2010 08:26:41
QUERO PARABENIZAR O SENHOR GOVERNADOR DO ESTADO PELO AUMENTO DE EFETIVO DA POLICIA MILITAR DE MS E DIZER QUE AGORA SIM O BICHO VAI PEGAR , O BOPE EXIXTE EM ALGUNS ESTADOS DO BRASIL DEVIDO AO AUMENTO DO EFETIVO DE UMA COMPANHIA E AGORA " A BANDIDAGEM QUE SE CUIDE SE TOPAR DE FRENTE , JA ERA VAI SER DAKELE JEITO.....


 
joao machado em 22/12/2010 08:19:36
VÁ E VENÇA!!!!!
 
Joao Marcos em 16/12/2010 12:44:25
Pra melhorar tá valendo tudooo!!! Parabéns homens da paz
 
Fernanda O. Muniz em 16/12/2010 11:10:58
quem sabe agora com novo nome nosso governo crie um novo salario tbm de onrra para nossos bravos e valentes herois mudar somente mudar o nome não vai dar a eles capacitação e nem mesmo coragem e bom animo para o trabalho oque eles precisam é de bons treinamentos com pessoas competentes e um bom salario
 
cintia barbosa em 16/12/2010 04:24:41
Esta parte da policia tem a cara de seu governo, uma policia opressora, que costuma agir sem cautela, tem pessoas boas lá, como em todos os outros seguimentos, mas infelizmente é como o bom e velho cesto de laranjas, se uma estiver estragada...
o nome não me incomoda, entendo o fato de que precisa mudar, pois agora é um batalhão, logo, não pode mais se chamar companhia, mas concordo com o Sr. Vanderlei, não é o nome que precisa mudar e sim a conduta, precisam agir como batalhão, ter boa conduta, deixar de ser um polília opressora.
E pergunto ao sernho governador, de que adianta o agora BOPE, ficar andando de um lado para o outro na capital, enquanto nossas fronteiras estão liberadas, continuamos ser o corredor da droga, das armas e carros roubados, pra mim tudo isso cheira a troca política, o tal toma lá da cá.
 
Wallison Medeiros em 15/12/2010 11:40:03
Na minha opnião isso ñ é copiar,,, isso é pensamento de quem ñ tem muito conhecimento,,a policia do nosso estado esta de parabens e desejo muito sucesso nesse novo rumo,,,o Brasil precisa de mais atitudes asim,,,para qui ñ vire bagunça,,o Novo BOPE para mim antes ja éra muito bem conceituado,,,parabens.
 
diego silva em 15/12/2010 11:15:25
Não acredito tamanha ignorância da população, o cara dizer que é falta de criatividade ou plágio a mudança do nome da CIGCOE(Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) para BOPE(Batalhão de Operações Especiais).Essa denominação BOPE é antiga, ja existente em vários Estados do Brasil, antes mesmo do Rio de Janeiro ou do Filme. E dá-se esse nome pelo fato de uma Companhia crescer seu efetivo ou planejar um aumento e passar a assumir Status de Batalhão para melhor distribuir os trabalhos policiais. Se os ignorantes digitarem no google ''Bope'' vão descobrir que muitos Estados do Brasil passaram por essa mudança de ''Companhia'' para ''Batalhão'', principalmente os grupos de Operações Especiais, os quais começam sempre com um efetivo pequeno, devido ao fato de os Governos não investirem de forma maciça em treinamento para toda a Tropa da PM, o que leva um numero minimo de policiais a sairem de seu Estado de origem para se aperfeiçoar em outras unidades Brasil afora, muitas vezes tendo que arcar com os altos custos estabelecidos nestes cursos. Por isso, não se trata de uma simples mudança de nome, e sim reconhecer o esforço dos policiais da CIGCOE para conseguir elevar o nome dessa Instituição que vem a cada ano especializando seus homens e lutando para acabar com o numero de delitos que afligem os sul-matogrossenses. Parabenizo a CIGCOE e a todos o nobres policiais que ali trabalham por essa grandiosa conquista!!! BOPE-MS BRASIL!!!
 
Ayslan Henrique em 15/12/2010 10:11:00
Parabéns, ao srº governador André Puccinelli, e ao secretário de segurança pública do MS, por apoiar a criação de três batalhoes de policias, pois o nosso estado esta precisando mesmo, temos que acompanhar o crescimento da população sul matogrossense, só que tem que dá extruturas e treinamentos a esses policiais.
E a criação do "DEFLON", vai ficar só no papel? Senhor Governador?
Seria ideal também, reforçar as nossas fronteiras dos dois países vizinhos Bolívia e Paraguai, para combater o tráfico de drogas e o contrabando de armas.
Não queremos que as nossas crianças, vejam que o nosso estado, fique igual como esta ocorrendo no estado do Rio de Janeiro. Porque eles dizem que o responsáveis por tudo aquilo que ocorreu no estado do Rio, somos nós os responsáveis, por não temos uma fiscalização mais severas nas fronteiras, por sermos o centro da rota.
 
Rodrigo Alves Cabreira em 15/12/2010 01:17:53
Nao concordo com a mudança de nome de um dos icones da policia do nosso estado.
o aumento do efetivo de 7 para 9mil, é otimo, mas isso nao da o direito de perder a identidade da nossa policia.
 
Aurinho de Los P. em 14/12/2010 12:58:00
bom pra mim tanto faz seja Cigcoe ou seja bope não vejo problema desde que elimine a bandidagem da nossa capital e do nosso estado esta bom.........
 
rosemagno pereira dos santos em 14/12/2010 12:55:29
Gostaria de informar ao senhor JOAO ANTONIO que a mudança de nome não por falta de criatividade ou questão de plágio, e sim por necessidade de nova denominação para poder alcançar outros objetivos. Pelo que percebi o senhor desconhece termos militares e policiais que estão diretamente ligados à questão de competencia para determinado serviço. a denominação BOPE deve-se ao fato desta unidade ter aumentado seu efetivo e aumentado a área de atuação. Se a unidade mantivesse a denominação de companhia (CIGCOE) quem estaria perdendo é a população, pois não estaria autorizado a aumentar o efetivo pois a lei de organização básica limita cada situação. não importa se será BOPE, BME ou BOE, o que importa sim é valorização da unidade que realiza um trabalho importantíssimo não apenas em campo grande como em todo o estado.
 
robson ramos em 14/12/2010 12:53:15
Cada uma, Flatou criatividade.
 
Leonardo Henrique em 14/12/2010 12:35:59
É BOPE ou CIGCOE??? Tudo é a mesma coisa... O fato mais interessante era o Governo intensificar a qualificação e estrutura de toda tropa da PMMS, e em toda viatura ter o numero de quatro policiais, bem equipados e preparados, e um numero significativo de viaturas nas ruas... gasolina no tanque e não 20 litros por dia... Aí sim seria uma noticia que a população se interessaria....
 
Hudson Caetano em 14/12/2010 12:30:37
tenho amigos na Cigcoe, isso não é plagio, isso é enaltecer ainda mais o trabalho de profissionais, que saem de casa não sabendo se vão voltar, são homens e mulheres que dão a sua vida em prol da sociedade, deixando os seus entes queridos em casa,
vergonha é criticar uma nomenclatura, deixando de enaltecer o trabalho realizado com profissionalismo,garra e amor.
 
EDSON BONILHA em 14/12/2010 12:27:54
Creio que a nossa polícia não está copiando de ninguém , e a competencia que esses policiais, que por sinal são muito bem treinados possuem, supera qualquer tipo de critica negativa com referencia ao nome por eles usado, o que devemos levar em conta é que são servidores com anos de estudo em área específica e que e que têm colaborado muito com a população Sulmatogrossense atuando especificamente nas crises mais sérias e que até pouco tempo atras não possuíamos um batalhão especializado nessa àrea. Portanto devemos sim apoiá-los e parabenizálos pelos bons serviços prestados.

Fátima
 
FATIMA MARIA em 14/12/2010 12:20:47
Um batalhão inteiro não tem criatividade para escolher se quer um nome ?
 
marcelo ramires vargas em 14/12/2010 12:19:46
Apenas para informar o caro João Antonio a denominação BOPE significa " Batalhão de Operações Especiais", ou seja, não é de uso específico da Tropa Especializada da PM do Estado do Rio de Janeiro, sendo utilizada em varios Estados.
Por conseguinte, o Estado do Rio de Janeiro não foi quem criou essa denominação, já que faz parte de um tipo de uma modalidade Policial Militar.
Aconselho o caro amigo João Antonio se informar um pouco antes para tecer algum comentário menos feliz como esse.
 
JOÃO DA SILVA em 14/12/2010 12:12:04
Gente, fala sério. O pessoal é qualificado, mais não chega nem a 10% do treinamento que o "verdadeiro" BOPE/RJ possui. Mais como diz o Juliano logo acima, "se for para extinguir a bandidagem e os vagabundos de plantão, está valendo. Agora se for pra trocar o nome só por causa das ações do RJ. É um ponto a menos, tanto é que se não fosse as forças armadas, entrarem no morro, o bope não conseguiria progressão em duas quadras. Mais vamos ver no que dá, só não pode a "faca na caveira" subir na cabeça dos integrantes pensando serem deuses. Vamos aguardar.
 
Marcelo Max em 14/12/2010 12:05:13
É bonito de ver um carro da CIGCOE passar por nós em Campo Grande; é sempre um sinal de respeiro; Acho uma grande hinultilidade trocar o nome da corporação, ainda mais por algumas siglas que quem é daqui e é limitado só conhece por filmes.
Para mim, é a mesma coisa de trocar o nome do Capitão da CIGCOE para Cap.Nascimento; ou seja; não mudará nada; Gosto de ver a CIGCOE trabalhando, é um exemplo para todo o Brasil.
Att---
 
Eduardo Dalefi em 14/12/2010 11:56:43
Será que esse BOPE também tem um coronel Nascimento que combate a corrupção dos poderes constituidos? Queremos e um coronel Nascimento que lute contra o crime e a corrupção, o nome pouco nos importa.
 
Carlos de Carvalho Silva em 14/12/2010 11:53:56
Já que é pra chamar a atenção, convidem o Wagner Moura para participar da "festa inaugural" do batalhão... PIADA!
 
Nyelder Rodrigues em 14/12/2010 11:50:31
ESSE RECADO VAI PARA O RAPAZ QUE ESCREVEU LOGO A BAIXO
MEU AMIGO A MUDANÇA DE NOME DA CIGCOE PARA BOPE NADA MAIS É QUE UM REFLEXO DA REESTRUTURA DAS FORÇAS DE SEGURANÇA PUBLICA NO BRASIL.
A GRANDE MAIORIA DOS ESTADOS JÁ ADERIRAM PARA A MUDANÇA DE COMPANHIA ESPECIAL PARA BATALHÃO ESPECIAL, DEVIDO A VARIOS ELEMENTOS ( AUMENTO GRADATIVO DA POPULAÇÃO, NECESSIDADE DA ORGANIZAÇÃO, MAIOR INVESTIMENTO EM EQUIPAMENTOS). MEU CARO AMIGO BASTA VOCÊ FAZER UMA PESQUISA SIMPLES NO GOOGLE QUE IRÁ OBSERVAR ISSO.
PESSO QUE ANTES DE DIZER ALGO BUSQUE CONHECIMENTO E INFORMAÇÃO SOBRE OS FATOS A ANALISAR, EVIATANDO ASSIM AFIRMAÇÕES FALSAS OU INVERÍDICAS.
MINHAS CONSIDERAÇÕES AO PELA EXCELENTE COMENTARIO DO VALTER.
 
joao bruno cardozo em 14/12/2010 11:48:56
JOAO ANTONIO AUDI DE OLIVEIRA SANCHIK
infeliz comentário o seu...
 
guaraci mendes em 14/12/2010 11:39:22
Quero registrar o meu irrestrito apoio à nossa valorosa Polícia Militar. Que a nova denominação - BOPE - contribúa com o ánimo e o moral da corporação. É obrigação de todo cidadão reconhecer a importância destes verdadeiros combatentes do crime, que, na maioria das vezes arriscam suas vidas pelo sagrado ideal do cumprimento da Lei. As exceções referentes ao mal policial, não podem embaçar-lhes o brilho, porque este mal elemento não é um demérito só da Polícia. Ele, também está presente, e perigosamente oculto sob as vestes da boa aparência, em todos os segmentos da sociedade. Parabéns BOPE guiacurus!
 
Pablo Ramenzzoni em 14/12/2010 11:38:49
Se for para acbar com a bandidajem que se instalou em nossa cidade,tá VALENDO!
 
JULIANO MARQUES em 14/12/2010 11:23:00
PELO AMOR DE DEUS, ESSE POVO NAO TEM CRIATIVIDADE MESMO, GOSTA DE COPIAR, NAO TEM CRIATIVIDADE PRA MUDAR DE NOME. ISSO É UMA VERGONHA, PLAGIO.
 
JOAO ANTONIO AUDI DE OLIVEIRA SANCHIK em 14/12/2010 11:12:01
A CIDADE CRESCE, E COM ELA SEUS ORGANISMOS DE APOIO E CONTROLE CRESCEM JUNTOS. SEJA BOPE OU QUALQUER OUTRA NOMENCLATURA, O IMPORTANTE É QUE A POPULAÇÃO PODE CONTAR COM HOMENS BEM TREINADOS, EQUIPADOS, E APTOS A DEFENDER A SOCIEDADE DE QUALQUER ATO NEFASTO. A CIGCOE COM SUAS AÇÕES SEMPRE ENALTECEU O SERVIÇO POLICIAL. O NOME "BOPE" VEM APENAS OSTENTAR UM BRILHO QUE JÁ EXISTIA, CONSTRUIDO POR TODOS AQUELES QUE DE UMA FORMA OU DE OUTRA CONTRIBUIRAM P/ A HISTORIA DA MAIS IMPORTANTE UNIDADE DE ELITE DA POLICIA DE MATO GROSSO DO SUL.
 
VALTER ANTUNES DE OLIVEIRA em 14/12/2010 11:00:52
NÃO É PLAGIO, é funcionalidade; agora não é mais uma "CIGC - companhia independente de gerenciamento de crises " e sim um "B - batalhão "; OPERAÇÕES ESPECIAIS já existia no nome antigo. BOPE é um batalhão de operações especiais, não foi criado esse nome por causa no filme.
 
Gelson Vieira Batista Junior em 14/12/2010 05:28:00
Senhor "JOAO ANTONIO AUDI DE OLIVEIRA SANCHIK" vergonha é esse povo que não tem estudo e conhecimento e fica falando asneira. CIGCOE é uma "Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e operações especiais"; agora, como ampliou, ficou um BATALHÃO, por isso, BOPE, que significa, "batalhão de operações especiais". O que vc deveria saber é que mudou de CIG (companhia independente.....) para B (batalhão de.....). "Operações especiais" já existia no nome da corporação.
 
Gelson Vieira Batista Junior em 14/12/2010 05:08:00
nossos policiais ten capacidade iqual ou maior q o bope do rio de janeiro bandidos q migrão para o mato grosso do sul achando q aqui e moleza pena. pq aqui o bicho pega...e o cigcoe sai apavorando!!!
 
anderson rocha em 14/12/2010 04:41:00
me diga porque trocar de nome se ja tenhe um não é um nome q faz diferença sim os policias q trabalha na corparação então deixa o mesmo nome.
 
cristian ricardo em 14/12/2010 04:08:55
Não é o nome que precisa mudar... prara bom entendedor, meia palavra basta!
 
Vanderlei maia do canto em 14/12/2010 04:07:31
parabens para o cigcoe so espero q o srº cmt geral e o srº governador não deixe isso no no papel, e vfaça valer apena o esforços de inlutris policiais militares q procuram fazer da PMMS uma entidade respeitada em todo pais, com seu brilhantes profissionais. destde os da RADIO PATRULHO AO DEPARTAMENTO DE OPRERÇÕES DE FRONTEIRA (DOF)sendo quem ostenta a PMMS são os policias militares que usam a primeira pele desta GLORIOSA FORÇA POLICIAL pois a RP a COMUTARIA são q elevam o nome da PMMS.parabens de novo ao cigcoe,a guarda escolta ea ciptran.
 
vanderlei oliveira em 14/12/2010 03:56:30
Independentemente do nome que venha a utilizar, esse batalhão, mesmo que copiando o nome de outros estados, tem também que copiar o ideal de justiça, para que não acabe se corrompendo. Se a polícia é corrupta, o BOPE não pode ser!
 
PAULO VALDECI JORGE em 14/12/2010 03:39:00
Sempre terá alguns ignorantes que irão dizer que é cópia de outros lugares, quando na verdade é uma denominação comum em qualquer lugar do Brasil.
 
Thiago Kalunga em 14/12/2010 02:29:13
Não é questão de falta de criatividade a CIGCOE é uma companhia independente de Operaçóes Especiais se virar Batalhão é a denominação correta BOPE batalhão de Operações Especiais, quem não entende de policia não sabe o porque do nome.
Tenho certeza que o serviço prestado a população ficará ainda melhor.
 
Gislaine Oliveira em 14/12/2010 02:28:51
Nada se cria.. tudo se copia...
se for para diminuir a bandidagem tá valendo!
 
Laura Viviane de Carvalho em 14/12/2010 02:10:19
estou torcendo para dar certo.
 
helio notarangeli em 14/12/2010 02:05:35
Não é preciso criar-se polêmica em torno disso. Basta reconhecer que mudou, sim, que copiou, sim, mas foi por um bom motivo. Hoje, a sociedade brasileira reconhece o nome Bope onde quer que se vá, quiçá no mundo todo (em virtude do famoso filme). O Bope sul-matogrossense deveria, sim, admitir que não buscou imitar, mas reconhecer o Bope cario-
ca como um símbolo no combate ao crime e é natural "imitá-los". Humildade é bom e não dói nada.
 
Senivaldo Braz em 14/12/2010 02:01:28
A questão em pauta não é o plágio mas a demonstração de organização das forças auxiliares no país, é melhor termos uma padronização dos grupos de elite ao invés de ROTAMs, CIGCOEs, TORAs etc. Então os mesmos poderão cooperar em instruções, compartilhar experiencias e o melhor, impor respeito aos criminosos, já que o BOPE galgou a imagem de uma corporação respeitosa que combate o crime organizado porque não termos aqui?
 
Bruno Rodrigues Dourado Boa Sorte em 14/12/2010 01:56:06
O importante mesmo é continuar combatendo o crime da forma que fazem.
E manter aqueles homens lindos naquelas fardas pretas que vou te contar, são de rezar Ave-Maria de ponta cabeça. Um colírio contra a criminalidade.
Pronto, falay.
 
Juciara Olmedo em 14/12/2010 01:54:27
Para os maus informados, não se trata de plágio, tão pouco falta de criatividade! CIGCOE, antigo nome, começa com "C" de Companhia e agora BOPE com "B" de Batalhão... não há outro nome que seja mais apropriado do que este, afinal trata-se de um legítimo Batalhão de Operações Especiais... Para os leigos de plantão, apenas vislumbrem mais um avanço na política de segurança desse estado!
 
Paulo Vasques de Moraes em 14/12/2010 01:46:33
pelo amor de Deus, deixem como esta, copia não!!!! façam um concurso entre a população....
 
AGRICIO ARAUJO em 14/12/2010 01:20:40
Para que mudar o nome? Tem que pensar no treinamento do pessoal; e o salário que os policiais ganham? para arriscar suas vidas. Em que a mudança de nome vai melhorar para os policiais? De quem foi a idéia de mudança do nome? Tem tanta coisa melhor pra fazer.
 
Edson Garcia em 14/12/2010 01:02:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions