A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Novembro de 2018

17/09/2008 14:06

Grupo do PCC que liderou rebelião de 2006 volta a MS

Redação

Um grupo de 12 presos, considerados lideranças da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) na rebelião de 2006, chegou hoje a Campo Grande após dois anos na penitenciária federal de Catanduvas, no Paraná.

O avião da FAB (Força Aérea Brasileira) pousou por volta das 11h na Base Aérea. O grupo, escoltado pela PM (Polícia Militar) e PF (Polícia Federal), já foi levado ao presídio de Segurança Máxima de Campo Grande.

Em 24 de agosto de 2006, por medida de segurança, 20 presos da Máxima e do presídio Harry Amorim Costa (Dourados) foram levados para a penitenciária federal. As transferências foram motivadas pelas rebeliões orquestradas pela facção nos presídios de Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas no Dia das Mães.

Suficiente - Na decisão em que determinou o retorno dos presos, o juiz da 1ª Vara de Execução Penal, Francisco Gerardo de Souza, enfatizou que o prazo para a permanência de presos do sistema estadual em presídios federal é de um ano, prorrogável por mais 365 dias.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions