A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

13/12/2010 14:55

Hemosul vai ganhar banco de congelamento de cordão umbilical

Ricardo Campos Jr.

Objetivo é facilitar busca por doadores de medula óssea compatíveis

Para aumentar as chances de encontrar doadores de medula óssea compatíveis com os pacientes, será implantado no Hemosul (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Mato Grosso do Sul) um banco de congelamento de cordão umbilical. A novidade foi divulgada hoje junto com o início da campanha para cadastramento de doadores de medula.

Segundo informações da assessoria de imprensa do Hemosul, o diretor do Centro de Transplantes de Medula Óssea do Instituto Nacional do Câncer e coordenador da rede de bancos de congelamento de cordão umbilical nos núcleos hemoterápicos dos Estados Luiz Fernando da Silva Bouzas vem a Campo Grande na tarde de hoje e deve ficar na Capital até amanhã (14).

Bouzas vai se reunir primeiramente com os diretores e técnicos responsáveis do Hemosul e amanhã com representantes de órgãos públicos e entidades relacionadas com o banco de congelamento e vai explicar como será feita a implantação. Ainda não há prazos e datas para que o banco comece a operar.

Será um grande avanço na busca por doadores de medula óssea, segundo informou a assessoria do Hemosul. O material congelado estará à disposição de todos aqueles que precisarem de doação e facilitará na localização de doadores compatíveis, uma vez que estará interligado com um sistema único para todo o Brasil.

Campanha - Como parte de uma ação que acontece em todo o país, a Hemorrede de Mato Grosso do Sul promove a partir de hoje (13) uma campanha para cadastramento de doadores voluntários de medula óssea.

Segundo informações da assessoria de imprensa do Hemosul (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Mato Grosso do Sul), haverá cadastro tanto na Capital como no interior, nas cidades de Corumbá, Ponta Porã, Aquidauana, Três Lagoas, Dourados, Coxim e Paranaíba.

Em Campo Grande, os postos de coleta serão montados nos bancos de sangue dos hospitais Regional e Universitário e também na Santa Casa pela manhã e no Hemosul durante o dia inteiro. A intenção da campanha é mobilizar o maior número de doadores possível.

Segundo dados do Hemosul, no Estado, cerca de 70 mil doadores já deram o primeiro passo para salvar vidas se cadastrando como doadores de medula óssea.

Criança de 3 anos que se afogou em piscina melhora em hospital
A menina de três anos que chegou à Santa Casa em estado grave depois de se afogar em uma piscina na tarde de domingo (20), apresentou melhora e não p...
Maioria concorda com demarcações sob o crivo do Ministério da Agricultura
Você concorda que a demarcação de terras seja responsabilidade do Ministério da Agricultura? Foi esta a pergunta feita pelo Campo Grande News nesta s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions