A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/05/2009 06:30

Homem preso nega participação em sequestro de garoto

Redação

Preso por suspeita de sequestrar um vizinho adolescente, Joaquim Duran da Silva, 48 anos, nega qualquer participação no desaparecimento do garoto de 15 anos, que não foi encontrado até o momento, segundo a Polícia Civil.

Silva foi autuado em flagrante por sequestro e porte ilegal de arma, já que na residência dele, localizada no Jardim Talismã, a Polícia encontrou um revólver calibre 38 com 20 munições intactas.

Testemunhas afirmam ter visto o momento em que Silva colocou o adolescente no porta-malas do veículo Peugeot, que foi apreendido.

A Polícia mantém as diligências na tentativa de encontrar o adolescente. O filho de Silva também não é visto desde ontem.

O motivo do sequestro seria vingança. Silva teria se cansado dos xingamentos e ameaças feitas pela família do garoto que já teria, inclusive, disparado diversos tiros em frente à casa dele.

O motivo informado é que, há dez meses, a PM (Polícia Militar) fechou uma boca-de-fumo que funcionava na casa do adolescente. Por conta disso, a família dele passou a ameaçar a de Joaquim, por pensar que eles seriam responsáveis pela denúncia.

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions