A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

02/12/2016 18:08

Homens ganham em média R$ 770 a mais que mulheres em MS, diz IBGE

Diferença em Mato Grosso do Sul é maior que a média nacional; Estado tem a segunda maior diferença salarial do Centro-Oeste

Yarima Mecchi
Mulheres trabalham mais horas por semana que homens. (Foto: Marcos Ermínio)Mulheres trabalham mais horas por semana que homens. (Foto: Marcos Ermínio)

As mulheres de Mato Grosso do Sul ganham em média R$ 770 a menos que os homens, diferença maior que a média nacional de R$ 490. Conforme a Síntese de Indicadores Sociais de 2016 divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), nesta sexta-feira (2), a média salarial do homens é de R$ 2.326 e a das mulheres R$ 1.556 no Estado.

A média brasileira de salário para homens é de R$ 2.012. Para as mulheres é de R$ 1.522.

Com relação aos trabalhos formais a diferença diminui um pouco em Mato Grosso do Sul, mas ainda sim os homens ganham mais que as mulheres, sendo R$ 645 de diferença. Homens ganham em média R$ 2.486 e mulheres R$ 1.841.

Ainda com base nos dados do Estado, a maior desigualdade nos salários é com os trabalhos informais que chega a R$ 901. Conforme divulgado pelo IBGE, nos serviços informais os homens ganham em média R$ 2.023 e as mulheres do Estado R$ 1.122.

A publicação do IBGE reúne informações sobre a realidade social brasileira como um todo e também de cada um dos estados da Federação. Entre os dados divulgados de Mato Grosso do Sul também está a média de horas semanais trabalhadas. Os homens usam em média 42,5 horas por semana no trabalho principal, conforme qualificado pelo órgão. As mulheres trabalham em média 36,5 horas por semana.

Com relação as atividades domésticas, no Estado eles gastam apenas 10,1 horas por semana, sendo que as mulheres usam 20,1 horas. No total, juntando o trabalho principal com as atividades domésticas elas usam mais o seu tempo semanal, com 56,1 horas contra 52,7 horas que são usadas por homens.

Centro-Oeste - O Mato Grosso do Sul é o segundo com maior diferença salarial da região Centro-Oeste, perdendo apenas para o Distrito Federal, onde a diferença salarial média de homens para mulheres é de R$ 997.

Mato Grosso é o terceiro da região com a maior diferença, com R$ 631 a mais para homens no salário. O estado com menor diferença é Goiás, com R$ 625.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions