A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/03/2010 13:54

Hospital Militar amplia em 50% efetivo e complexidade

Redação

Desde de 1º de janeiro deste ano, o CMO (Comando Militar do Oeste) transformou o Hospital Geral em Hospital de Área de Campo Grande. A mudança foi comunicada pelo general-de-Exército Renato Joaquim Ferrarezi, comandante do Oeste, em reunião com o governador André Puccinelli (PMDB) nesta terça-feira.

Segundo o diretor do hospital, coronel Ronaldo Smolentzov, a mudança deverá elevar em 50% o número de médicos na instituição. No entanto, ele não quis revelar qual o efetivo atual.

Também passaram a atender os serviços de alta complexidade e passará a ser referência na região do CMO, que abrange os estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Puccinelli considerou que esse novo status da organização militar de saúde é mais uma demonstração da importância estratégica de Mato Grosso do Sul, que já sedia o comando da 9ª Região Militar, esquadrões da Aeronáutica na Base Aérea de Campo Grande e, mais recentemente, um Batalhão de Aviação do Exército (Bavex).

Segundo o general Ferrarezi, com a transformação, a Capital passa a ter um dos hospitais militares de referência no Brasil, e deverá contar com aumento de efetivo e de especialidades médicas. "Passará a ser um hospital diferenciado", explicou o comandante do CMO, ressaltando que a alteração é gradativa, porque requer a qualificação e movimentação de pessoal.

De acordo com Ferrarezi, o Exército irá instalar ainda duas outras novas e importantes unidades na região do CMO: uma de Artilharia, em Três Lagoas e outra em Sinope (MT).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions