A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/11/2013 12:46

HU suspende cirurgias a partir de terça e conselho teme caos na Capital

Viviane Oliveira

O Hospital Universitário de Campo Grande vai suspender as cirurgias temporariamente a partir de terça-feira (26). O motivo é a rescisão do contrato com a empresa Servan Anestesiologia, que presta serviço para o hospital. O temor é de caos no setor no Estado.

O Campo Grande News apurou que o hospital tentou negociar com a empresa para ajuste de tabela, pois o valor pago está muito acima da tabela do SUS (Sistema Único de Saúde). No entanto, até agora não houve consenso. Se a empresa não aceitar o contrato será cancelado e segunda-feira será o último dia.

O presidente do Conselho Estadual de Saúde, Ricardo Alexandre Corrêa Bueno, disse que não foi comunicado sobre o assunto, mas afirma que vai virar um caos no Estado, caso as cirurgias sejam suspensas.

“A Servan formou um cartel na cidade, se não pagarem o valor exorbitante que pedem, simplesmente não prestam o serviço”, diz, acrescentando que o Ministério Público deve intervir sobre o assunto.

O Hospital Universitário abriu edital ontem para credenciar anestesista para trabalhar na unidade, pode credenciar pessoas jurídicas e físicas. O hospital informou por meio da assessoria de imprensa que por enquanto não vai se pronunciar sobre o assunto.



Aos referidos médicos deste grupo,que sejam remunerados conforme merecem, nem mais, nem menos. Quem se aventura a conhecer de onde vem pesos e medidas, já ouviu falar que a valoração de um serviço se dá pela soma de conhecimento e mão-de-obra e lhes digo: um médico anestesista estuda muito, e trabalha muito. Infelizmente a classe médica hoje necessita se esgoelar para valorizar o seu trabalho, que está sendo desprezado pelo governo e pela população, que vai na crista da onda e contribui subversivamente com este massacre.

A tabela do SUS é uma VERGONHA, é esmola (procurem conhecer!!!) e o governo quer fazer de tudo para que os médicos implorem engraxar seus sapatos. Não há dinheiro para a saúde mediante tanta corrupção. Não há repasse digno aos médicos, mediante tanta roubalheira. Os políticos são ladrões e corruptos,TODOS! Desviam recursos públicos, reajustam seus próprios salários,protegem seus cupinchas, não cumprem o que prometem, desprezam os cidadãos. E os médicos é que são os gananciosos???

E com tristeza,
deixo um recado aos semideuses, pitaqueiros e urubus de plantão: antes de começarem o "mimimi" que o serviço de anestesia em Campo Grande é máfia ou cartel, pensem no significado destas palavras. Ou , sugiro um caminho mais fácil, dêem um "google"! Não falem do que não entendem, não contribuam ainda mais com essa lambança. Obrigada.
 
Thais Correia em 20/11/2013 17:00:19
Impressionante a irresponsabilidde da diretoria do HU. É público e notório que nenhum tratamento onde a dor está presente, pode prescindir de um anestesista. A administração desse HU deve ser banida, demitida e processada por mais esse ato de crueldade, irresponsabilidade e inconsequência. A diretoria atual do HU além de vir perseguindo sistematicamente os servidores federais aqui lotados, terceirizou a gestão do hospital e vem trabalhando com funcionários desqualificados. Um hospital cuida de vidas de seres humanos, os tratamentos não podem ser descontinuados e as cirurgias de emergência? e a sociedade que paga impostos? Com a palavra o MPF? a EBSERH? o MEC? algum órgão tem que intervir em favor da população carente, dos mais necessitados, dos desvalidos.Chega de irresponsabilidade.
 
rozangela dos prazeres em 20/11/2013 15:56:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions