A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

07/07/2009 22:50

Identificados 14 envolvidos em roubo de 300 celulares

Redação
 

Ação da equipe do Tático do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar), realizada nessa terça-feira em Campo Grande, conseguiu apreender dois adolescentes e prender 12 adultos envolvidos no roubo de cerca de 300 aparelhos celulares e uma caminhonete L200, placas NGG-9090, na casa de um comerciante de celulares, no dia 1º deste mês.

Estão detidos na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário): dois adolescentes (14 e 15 anos); Manoel Gil Ribeiro; Marcos César Pedrosa de Souza, 29 anos; Frederico Machado dos Santos, 29; S. M. A., 30; André Niskier Targon, 29, também conhecido como "Vulcão"; Elisana de Barros Fonseca, 26; Edilene Morinigo Ribeiro, 24; Evandro Oliveira de Assis, 20 anos, popularmente conhecido como "Chapolin"; Joelma Rosa de Oliveira, 27; Eduardo Peralta, 20; Leandro Souza dos Santos, 20, mais conhecido como "Baú" e César Augusto Zaguine Toledo, 18.

Conforme a polícia, o roubo dos celulares e da caminhonete foi feito por Leandro e Evandro. Após o crime, a dupla abandonou o veículo, que foi recuperado algumas horas depois do assalto.

A série de flagrantes começou na rua Triângulo Mineiro, Jardim Centro-Oeste, quando foi encontrado Evandro. Ele comercializava celulares no local e confessou o crime do dia 1º, relatando que ficara apenas com 18 dos 300 celulares.

Mais tarde ele levou a polícia até a casa de Leandro, que foi preso. Os dois disseram que em uma residência localizada na Travessa da Garoa, no bairro Zé Pereira, poderiam ser encontrados mais aparelhos.

No local a polícia prendeu André e sua namorada Elisana. Os dois adolescentes estavam no lugar e foram apreendidos, juntamente com vários aparelhos celulares e equipamentos eletrônicos provenientes de roubo.

Na casa do Zé Pereira ainda foram encontrados produtos roubados da empresa Dismart e uma quantia de R$ 630 que André não soube informar de onde era.

A partir daí, os envolvidos foram entregando outras pessoas envolvidas na receptação dos celulares, que chegaram a comprar aparelhos por R$ 40. Mesmo depois de intensas buscas e da prisão de doze pessoas e apreensão de dois adolescentes, a polícia conseguiu localizar apenas 13 celulares.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions