A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/09/2011 09:17

Índios guaranis abrem, em Dourados, o 3º Festival Internacional de Teatro

Marco Antonio Brito

Circo do Mato e Cia Jair Damasceno, de Campo Grande, participam do evento com dois espetáculos

A dança guarani "Ñanderu Guasu Oipytyvõ Ika’ aguyre" abriu, na última quinta-feira, o III Festival Internacional de Teatro de Dourados. A simbologia dos elementos da terra, da fauna e da flora estiveram no palco do cine-auditório da Universidade Federal (UFGD) e apresentaram à plateia toda a riqueza da cultura indígena sul-mato-grossense. A programaçao do 3º FIT Dourados vai até o dia 18 de setembro.

Durante dez dias serão realizados na cidade vários espetáculos, com grupos do Brasil e do exterior. A dança indígena, apresentada em forma de teatro, por alunos da escola municipal Araporã, foi uma mostra do intercâmbio cultural que estará em destaque no festival. O harpista douradense Rafael Deboleto Rodrigues também se apresentou na abertura.

Respirar cultura - A presidente do Instituto para o Desenvolvimento da Arte e da Cultura (Idac), June Torres, disse durante o lançamento que a cultura é uma forma de manter viva a história e a realidade de um povo. “Chegamos na terceira edição com a proposta de fazer com que Dourados respire cada vez mais a arte e a cultura”, ressaltou ela em seu discurso. June Torres agradeceu àqueles que se empenharam para a realização do evento e destacou a Caixa Econômica Federal, patrocinadora do festival.

O vice-reitor da UFGD, professor Wedson Desidério Fernandes, também destacou a importância do festival, como proposta para trazer um pouco daquilo que a cidade de Dourados é carente: cultura. “Desde a implantação da UFGD em 2006 construímos uma identidade de cultura e a nossa proposta é fazer com que cada vez mais a cidade possa respirar a sua identidade, a sua história, tão essencial para o registro e a memória de um povo”, discursou o vice-reitor.

Programação e locais - Os espetáculos do 3º Festival Internacional de Teatro serão apresentados em diferentes locais. A praça pública Antonio João é uma delas, assim como a feira livre da Rua Cuiabá. A Aldeia Bororó também será palco de apresentações.

Durante a abertura ontem, o poeta e ator Emmanuel Marinho, coordenador do festival, apresentou a programação do FIT. Ele destacou que os espetáculos são sucesso por onde passam, pois reúnem grupos teatrais do Brasil, Paraguai, Peru, Bolívia e França. Entre as atrações regionais há dois grupos de teatro de Campo Grande. Um deles é o Circo do Mato, que vai apresentar o espetáculo "Os Corcundas", e o outro é a Cia Jair Damasceno, que vem com a peça "CALABoca! E grita".

Ainda entre os atrações nacionais, se destaca a participação do grupo baiano ViaPalco, com o espetáculo de rua "Circo de um Homem Só". Entre as internacionais está o “Lo que más me gusta de Federico”, um recital de poemas acompanhado por instrumentos musicais. (*Com informações do site DouradosAgora)

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions