A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

11/09/2009 07:15

Índios terenas libertaram reféns durante a madrugada

Redação

Os índios terenas da aldeia Córrego do Meio, localizada a 45 km de Sidrolândia, libertaram durante a madrugada três integrantes da equipe da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) que eram mantidos reféns

De acordo com a assessoria de imprensa da Funasa, a situação foi contornada por volta das 4h da manhã. Foram feitos reféns um motorista, duas dentistas, o chefe multidisciplinar de saúde nas aldeias, o médico Zelik Trajber, e Fernando de Souza, do Conselho Distrital Indígena. A PF (Polícia Federal) foi deslocada para o local. As mulheres foram as primeiras a ser liberadas, por volta das 18h de ontem.

Em Sidrolândia, a Funasa está funcionando normalmente nesta sexta-feira. Ontem, a PM (Polícia Militar) reforçou a segurança em frente ao prédio. Ainda não foi esclarecido o que motivou a ação dos indígena.

Uma situação que já havia causado reclamações na aldeia é relativa à Funai (Fundação Nacional do Índio). Desde novembro os indíos cobram que a Funai substitua o chefe do posto indígena, por suspeita de desvio de combustível. (Matéria editada às 10h40 para correção de informação).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions