A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

28/09/2015 14:37

Inmetro fiscaliza produtos infantis em operação “Dia das Crianças”

Michel Faustino
Fiscalização irá percorrer o comércio varejista e atacadista até sexta-feira. (Foto: Divulgação/AEM-MS)Fiscalização irá percorrer o comércio varejista e atacadista até sexta-feira. (Foto: Divulgação/AEM-MS)

A AEM-MS ( Agência Estadual de Metrologia de Mato Grosso do Sul), órgão delegado do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), inicia nesta segunda-feira (28) a operação “Dia das Crianças”. Até a sexta-feira, 09 de outubro, os agentes fiscalizadores irão percorrer o comércio varejista e atacadista para examinar se brinquedos, mamadeiras, bicos de mamadeiras e berços infantis atendem aos regulamentos técnicos estabelecidos pelo Inmetro.

Durante a operação será verificado se os produtos estão sendo comercializados com o conjunto de informações obrigatórias, como: dados do fabricante ou do importador, CNPJ da empresa fabricante, país de origem, composição, faixa etária e, principalmente, o selo de avaliação da conformidade. Todas as informações devem estar escritas em português.

A AEM-MS alerta que a presença do selo é obrigatória e indica que o produto, antes de ser colocado no mercado, foi submetido a ensaios rigorosos em laboratórios e atenderam a requisitos de segurança. O selo deve estar visível, impresso na embalagem, gravado ou numa etiqueta afixada no produto.

“A fiscalização tem o intuito de aumentar a confiança do consumidor na conformidade do produto e no fato de que estão adquirindo apenas produtos seguros que, se utilizados de maneira correta, não oferecerão perigo”, ressaltou o diretor-presidente da AEM-MS Nilton Pinto Rodrigues.

Os estabelecimentos em que forem encontradas irregularidades terão até dez dias para apresentar defesa ao Instituto e estarão sujeitos às penalidades previstas na lei, com multas que variam de R$ 100,00 a R$ 1,5 milhão. Denúncias e esclarecimentos podem ser registrados por meio da Ouvidoria da AEM/MS pelo telefone 0800 67 5220 ou pelo e-mail: ouvidoria@aem.ms.gov.br

Fique atento:

Para ajudar na hora da compra, fique atento às seguintes informações que devem conter nos produtos:

*Selo de Avaliação da Conformidade - INMETRO;

*Informações quanto à faixa etária;

*Advertências, precauções de uso e composição do produto;

*CNPJ da empresa fabricante, país de origem, com nome, razão social ou a marca;

*Dados do fabricante ou do importador.

Atenção: Procure pontos de venda legalmente estabelecidos, jamais em mercado paralelo. Exija sempre a nota fiscal de compra do produto, recibo ou equivalente. Esse simples hábito pode favorecer a reclamação do consumidor no caso do produto ser impróprio para consumo.

MEC vai propor nova estrutura para cursos de pedagogia
O Ministério da Educação (MEC) vai encaminhar ao Conselho Nacional de Educação (CNE), na próxima semana, uma proposta de modificação dos cursos de pe...
Motoristas envolvidos em contrabando terão habilitação cassada
O motorista que for condenado por dirigir veículo usado para receptação, descaminho ou contrabando de mercadorias terá sua carteira de habilitação ca...
STF decide que Ministério Público pode cobrar multas de ações penais
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (13) que o Ministério Público tem competência para ajuizar ações de cobrança de multas definidas em con...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions