A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

10/08/2015 09:32

Com 55 casos de raiva, vírus ainda circula e deixa Saúde em alerta

Viviane Oliveira
Cão é vacinado durante campanha contra raiva na cidade. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Cão é vacinado durante campanha contra raiva na cidade. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande, já registrou até agora 55 casos de raiva animal. Uma das ocorrências mais graves ocorreu em maio deste ano, quando um homem de 38 anos diagnosticado com raiva humana morreu. A vítima foi mordida por um cão infectado e só procurou ajuda 60 dias após o contato com o animal.

Conforme a gerente de Vigilância em Saúde do município, Viviane Ametlla, os casos de confirmação diminuíram, porém a preocupação é a mesma, por causa da circulação do vírus na cidade. “As pessoas estão mais cientes de sua responsabilidade. O trabalho de conscientização foi grande e a vacinação de casa em casa auxiliou”, disse a gerente em entrevista ao site Diário Corumbaense.

Segundo ela, as confirmações de casos reduziram no último mês, porém a Saúde está em alerta e atende em horário de plantão aos finais de semana no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) para vacinar animais que ainda não receberam a dose de imunização.

O CCZ funciona de segunda a sexta-feira em horário comercial, das 7h às 17h, além de sábado, domingo e feriado em regime de plantão. O Centro de Controle de Zoonoses fica na Rua João B. Couto no bairro Guató. Os telefones de contato são (67) 3907-5579 / 3233- 2783.

De janeiro a julho, 1.018 pessoas foram atendidas pelo setor de Saúde Pública do Município. Todas tiveram algum tipo de contato com cães e gatos. Desse total, 110 realizaram ou ainda estão em tratamento. Além disso, somente na área urbana, 30 mil animais, entre cães e gatos, foram vacinados. Está prevista para o dia 5 de outubro mais uma ação de reforço contra a raiva em Corumbá.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions