A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/08/2016 13:51

MPE faz recomendação a empresário e a médico suspeitos de venda casada

Anny Malagolini

Suspeita de venda casada no município de Nova Alvorada do Sul levou o MPE (Ministério Público Estadual) a publicar, nesta terça-feira (9), uma série de recomendações a um empresário e a um médico que, supostamente, estariam concedendo descontos a clientes que adquirirem óculos ou lente em ótica indicada.

Conforme publicação, investigação do MPE apontou que o médico Edgar Zanin Júnior e o empresário Marcelo de Oliveira Santos estariam concedendo descontos para pacientes do médico que compraram óculos e lentes na ótica. Mas para isso, de acordo com a mesma fonte, era dito ao paciente que a ótica iria pagar 50% do valor da consulta médica, caso o produto fosse adquirido na loja indicada.

Devido a suspeita, o Ministério Público Estadual recomendou que o médico e empresário interrompam eventuais práticas irregulares ora narradas, pois aproveitar-se de situações decorrentes da relação médico-paciente para obter vantagem física, emocional, financeira ou de qualquer outra natureza é considerado crime.

Ainda segundo o Ministério Público, são direitos do consumidor a liberdade de escolha e a igualdade de contratações, a proteção contra a publicidade e a propaganda enganosas e contra métodos comerciais coercitivos. Caso não atendam a recomendação, os profissionais podem ser multados, ter suas atividades suspensas e ter até mesmo a cassação da licença do estabelecimento.

A chamada 'venda casada' é a prática que os fornecedores têm de impor, na venda de algum produto ou serviço, a aquisição de outro não necessariamente desejado pelo consumidor. Esse tipo de operação pode também se dar quando o comerciante impõe quantidade mínima para a compra.

Também é considerado crime a oferta, por parte da ótica, de consulta gratuita ou com desconto na compra de óculos é venda casada, e proibida pelo Código Defesa do Consumidor e pelo Código de Ética do Conselho Federal de Medicina, que proíbe qualquer relação entre estabelecimentos e oftalmologistas.

* A matéria foi editada às 18h35min para correção de informações.

Ação pede a transferência de presos detidos na delegacia de Bonito
O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com ação civil pública pedindo à Justiça que determine a transferência imediata de todos os presos prov...
Sicredi faz doação para reformas de quartos no Lar do Idoso de Dourados
A agência Integração do Sicredi de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - fez a doação de recursos para a reforma de 14 quartos no L...
UFMS oferece 16 vagas para professor de nível superior em Três Lagoas
Será aberto no próximo dia 1º de janeiro pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) as inscrições para preencher 16 vagas para professore...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions