A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/06/2016 15:08

"Tristeza pra morrer": vídeo mostra bagunça feita por índios em fazenda

Mariana Castelar
(Foto: Direto das Ruas)(Foto: Direto das Ruas)

Vídeo enviado pelo fazendeiros de Caarapó, 280 km ao sul de Campo Grande, ao Campo Grande News mostra os estragos causados na Fazenda Novilho, uma das propriedades invadidas por indígenas durante conflito, nesta semana. Um índio morreu em decorrência do enfrentamento entre os dois lados na disputa pela terra.

A filmagem foi feita por um produtor rural, que não foi identificado. Na filmagem, ele se mostra indignado com o que encontra.

O vídeo mostra os cômodos da sede da fazenda revirados, com papéis, roupas e móveis jogados no chão. "A única coisa que sobrou foi o guarda roupa. Esse guarda roupa eles não quebraram", relata o autor das imagens.

Enquanto vão andando pela casa, eles ficam chocados com a bagunça feita pelos índios. "Os armáios, a mesa, está tudo destruído", lamenta.  

A Fazenda Novilho está entre as 12 propriedades ocupadas pelos indígenas, de acordo com o presidente interino do Sindicato Rural de Caarapó, Carlos Eduardo Macedo Marquez.

Segundo o deputado estadual Zé Teixeira (DEM), a ocupação aconteceu durante à noite. Os funcionários foram expulsos do local pelos indígenas. “As informações que temos não falam sobre quantos indígenas participaram do ato”.

O conflito entre fazendeiros e indígenas teve início com a invasão da fazenda Yvu no domingo (12), em Caarapó, mas piorou após a morte do agente de saúde Clodiode Aquileu Rodrigues de Souza, de 26 anos. A área integra o estudo realizado pela Funai (Fundação Nacional dos Índios para compor a Terra Indígena Dourados Amambaipeguá I, que está em processo de demarcação há anos.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions