A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 28 de Maio de 2017

30/05/2011 22:06

Administração Murilo completa 100 dias concluindo obras e preparando Lei de Uso do Solo

Paulo Fernandes
Administração de Murilo Zauith retomou obras paradas (Foto: Assecom)Administração de Murilo Zauith retomou obras paradas (Foto: Assecom)

A administração de Murilo Zauith (DEM) na Prefeitura de Dourados completou 100 dias nesta segunda-feira marcada por iniciativas com a intenção de retomar a normalidade na saída.

Logo após a posse, o prefeito determinou um levantamento das obras que estavam paradas e tomou providências para que elas fossem retomadas.

Ele fez a revisão de todos os contratos e regularizou os projetos que apresentavam pendências em Ministérios ou na Caixa Econômica Federal.

As ordens de serviço começaram a ser liberadas em abril. As unidades básicas de saúde do Altos do Indaiá, da Cabeceira Alegre, do Jardim Guaicurus e do Altos da Monte Alegre foram retomadas, assim como a segunda etapa da infraestrutura do Parque Ambiental Rego D’água; revitalização de parte da Rua Toshinobu Katayama e a drenagem e pavimentação das vilas Cuiabá e Santa Clara.

Também foram retomadas as obras de reforma e ampliação das escolas Padre Anchieta, Franklin Azambuja, Bernardina Correa de Almeida, Iria Lucia Konzen, Manoel Santiago de Oliveira, Clori Benedetti, Sócrates Câmara, Ruy Gomes e Geraldino Neves.

Entre os destaques estão a retomada do projeto para implantação da Clínica da Mulher, com recursos de R$ 901,5 mil de uma emenda do deputado federal Geraldo Resende (PMDB) e contrapartida do município de R$ 415,6 mil. O projeto ainda aguarda parecer do Ministério da Saúde.

Além disso, a Secretaria de Planejamento e a Procuradoria Geral do Município estão elaborando um projeto de lei, que será enviado para a Câmara Municipal, prevendo a triplicação do perímetro urbano.

A área atual é de 82 km², mas a intenção é ampliar para 260 km². Para Murilo, esse aumento territorial ampliará as possibilidades de investimentos no setor imobiliário. Ele acredita que a ampliação atenderá as necessidades de Dourados para os próximos dez anos.

Segundo o prefeito, antes de o projeto ser levado à votação, ele será submetido a uma ampla discussão com a sociedade interessada no assunto, como empresários, investidores e setor imobiliário.

Outro projeto que está sendo preparado para ser enviado para a Câmara Municipal é a Lei de Uso do Solo. A lei atual tem 30 anos e a Prefeitura considera necessário readequar as regras para atender a atual realidade de Dourados.

Revoltado, idoso esfaqueia colega que teria lhe dado um beijo no rosto
Homem de 33 anos foi esfaqueado por um idoso de 68 anos, revoltado com a vítima por ele ter lhe dado um beijo no rosto em um bar de Paranaíba, a 422 ...
Foragido da justiça é encontrado morto com facada no peito em rua
Max Alam Bazan de 42 anos, foi encontrado morto com uma facada no peito esta madrugada pela Rua Alan Kardec em Três Lagoas – a 338 quilômetros de Cam...



É... faz um bom tempo que não vemos notícias de investimentos para a Grande Dourados. Agora observamos os eixos sendo aprumados por lá. Salve salve!
 
CHRISTOPHER PINHO FERRO SCAPINELLI em 31/05/2011 11:19:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions