ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Adolescente de 15 anos morre após bater em moto e ser lançado contra cerca

Guilherme Oliveira e um amigo, de 16 anos, apostavam um "racha"; irmão de Guilherme tentou se matar ao saber da morte de irmão

Por Adriano Fernandes | 29/11/2020 21:47
Guilherme Oliveira morreu aos 15 anos. (Foto: Jornal da Nova)
Guilherme Oliveira morreu aos 15 anos. (Foto: Jornal da Nova)

O adolescente Guilherme Oliveira, de apenas 15 anos, morreu depois de bater a sua moto em uma outra motocicleta e ser lançado contra uma cerca de arame no Assentamento 17 de Abril, região de Nova Casa Verde, distrito que fica a 56 quilômetros de Nova Andradina. O garoto e o outro rapaz envolvido no acidente estariam realizando um “racha” no local, conforme apurado pelo Jornal da Nova. Depois de saber da morte do adolescente, um irmão de Guilherme ainda tentou se matar.

O acidente ocorreu na região conhecida como Retiro do Poço que fica a 14 quilômetros da rodovia MS-134. Guilherme bateu na traseira da outra moto, perdeu controle e colidiu numa cerca de arame. O outro jovem também caiu e teve diversos ferimentos. Ambos não usavam capacetes, ainda segundo o site local.

Moto que estava sendo utilizada pela vítima. (Foto: Jornal da Nova)
Moto que estava sendo utilizada pela vítima. (Foto: Jornal da Nova)

O adolescente foi resgatado em uma ambulância do município, mas enquanto estava a caminho do hospital, uma equipe do Corpo de Bombeiros de Nova Andradina interceptou a viatura e realizou os primeiros procedimentos na proximidade da entrada da Usina Santa Helena.

Na avaliação os Bombeiros constataram que o adolescente estava com traumatismo craniano grave, afundamento e desvio de traqueia, possivelmente causados pelo impacto com a cerca.

Guilherme seria internado no Pronto Socorro do Hospital Regional, mas devido a gravidade de seu quadro clínico ele foi encaminhado para o Hospital Cassems onde não resistiu aos ferimentos.

Quando a médica responsável pelo atendimento deu a notícia da morte para a família, um irmão mais velho da vítima, saiu correndo pelo corredor do hospital, quebrou duas portas de vidro da entrada e foi até a Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, onde tentou se jogar debaixo dos carros.

Contudo, o rapaz foi contido pelos bombeiros e com a ajuda de testemunhas, o rapaz foi amarrado e levado ao hospital, onde foi sedado. O outro jovem, de 16 anos, foi socorrido por testemunhas e não corre risco de morte.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário