A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

30/11/2018 11:56

Amanhã tem último feirão antes do sinal analógico de TV ser desligado

Na Praça Antônio João, população poderá agendar retirada de kits gratuitos e tirar dúvidas sobre a mudança do sinal de TV

Helio de Freitas, de Dourados
Douradenses fazem fila para atendimento sobre TV digital; último feirão é amanhã (Foto: Divulgação)Douradenses fazem fila para atendimento sobre TV digital; último feirão é amanhã (Foto: Divulgação)

O sinal analógico de TV será desligado na próxima quarta-feira (5) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, e outras cinco cidades da região. Neste sábado (1º) tem o último Feirão Digital, na Praça Antônio João, em Dourados. No evento, a população terá acesso aos equipamentos para que televisores antigos recebam o sinal digital.

O feirão é promovido pela Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico de televisão para o digital em todo o país.

Além de Dourados, o sinal analógico será desligado no dia 5 de dezembro em Itaporã, Caarapó, Vicentina, Douradina e Deodápolis.

De acordo com a assessoria da entidade, o feirão, das 8h às 16h deste sábado, é a última oportunidade para a população adquirir antenas e conversores a preços mais acessíveis. Duas lojas vendem os equipamentos no feirão. O kit completo custa R$ 99, mas é possível comprar a antena e o conversor separados.

No evento de amanhã também será possível tirar dúvidas sobre o desligamento do sinal analógico de TV e agendar a retirada do kit gratuito, distribuído a famílias inscritas em programas sociais do governo.

Foram disponibilizados 31 mil kits para serem entregues a moradores da região de Dourados e pelo menos 20 mil famílias já retiraram o equipamento.

No feirão a população poderá verificar se tem direito ao kit gratuito, formado por antena digital e conversor com controle remoto. O agendamento para retirada dos equipamentos é feito por meio do número do NIS (Número de Identificação Social).

Do dia 6 de dezembro em diante, só será possível assistir à programação da TV aberta através do sinal digital. Os moradores precisam verificar se a antena já é digital e se o aparelho de televisão precisa de conversor externo, aparelho que transforma o sinal digital em analógico e permite que a TV continue transmitindo a programação.

Se a TV for de tubo, é preciso instalar o conversor de sinal. Se o televisor for de tela fina e não tiver o conversor embutido, também precisa de conversor. O manual do fabricante traz a informação se o aparelho veio com conversor embutido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions