A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

07/05/2015 13:22

Após mais de 6h de bloqueio e 5 km de congestionamento, MST liberam tráfego 267

Liana Feitosa
Bloqueio começou as 6h de hoje, próximo as fazendas Córrego Fundo e Furnas, em Nova Andradina. (Foto: Almir Portela/Nova News)Bloqueio começou as 6h de hoje, próximo as fazendas Córrego Fundo e Furnas, em Nova Andradina. (Foto: Almir Portela/Nova News)

Seis horas e meia depois de bloquearem trecho da BR-267, na altura do km 136, membros do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) desobstruiram a pista, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal).

O bloqueio foi feito às 6h desta quinta-feira (7), próximo às fazendas Córrego Fundo e Furnas, em Nova Andradina, a 300 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a PRF, cerca de 100 manifestantes estiveram no local, o que gerou congestionamento de 5 quilômetros na rodovia.

O trânsito foi liberado apenas para veículos de emergência e cargas perecíveis. O grupo reivindica a retomada da reforma agrária e quer dialogar com representante federal para que o processo seja continuado, já que está parado há quatro anos.

O ato faz parte de uma série de ações que começou na sexta-feira (1), quando um grupo de 700 pessoas saiu em marcha de Anhanduí e chegou nesta quarta-feira (5) em Campo Grande. Ontem (6), cerca de 400 integrantes de movimentos sindicais rurais ocuparam a sede do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions