ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Após retirada a força de manilhas, prefeitura abre valetas para impedir entrada

Em Aquidauna, ninguém entra nem sai até a próxima sexta-feira

Por Clayton Neves | 03/08/2020 10:31
Motoristas tentaram passar por fazenda e prefeitura abriu vala às margens da rodovia. (Foto: Prefeitura de Aquidauana)
Motoristas tentaram passar por fazenda e prefeitura abriu vala às margens da rodovia. (Foto: Prefeitura de Aquidauana)

Depois da retirada a força de manilhas que bloqueavam o acesso a Aquidauana, a prefeitura tomou outra medida para garantir o respeito ao que funciona como "estado de sítio" no município. Para ninguém entrar ou sair, foram abertas valetas às margens das rodovias, para evitar qualquer acesso via fazendas da região.

Aquidauana foi classificada como faixa de extremo risco da covid-19, ganhou "bandeira preta" e a prefeitura decretou lockdown, proibindo, inclusive, a entrada na cidade por sete dias. Para controlar o acesso, o Município instalou barreiras com manilhas nas estradas, mas no fim de semana foram retiradas por pessoas que teimavam em entrar.

De acordo com o decreto, que entrou em vigor na última sexta-feira (31), a entrada de quem não mora em Aquidauana está proibida tanto na zona rural quanto na urbana. Até mesmo quem tem parentes na cidade não poderá ter acesso. Exceções só valem para casos de urgência, que deverá ser comprovada aos agentes da barreira sanitária.

Em imagens é possível ver o bloqueio de interdição feito com manilhas e aterro já na entrada do distrito de Piraputanga. A assessoria de comunicação da prefeitura informou que horas depois de a barreira ser instalada na sexta-feira, pessoas que tentavam entrar no distrito forçaram o obstáculo e moveram as manilhas.

Barreira com anilhas instaladas na entrada do distrito de Piraputanga. (Foto: Prefeitura de Aquiadauana)
Barreira com anilhas instaladas na entrada do distrito de Piraputanga. (Foto: Prefeitura de Aquiadauana)

A cerca de uma fazenda também foi danificada e alguns motoristas tentaram cortar caminho passando pela propriedade. Depois disso, a estrutura foi reforçada e valetas construídas às margens da estrada.

No trevo que dá acesso a cidade vizinha, Anastácio, a Prefeitura montou esquema de fiscalização para controlar a circulação de pessoas e motoristas.

Além da medida, o decreto ainda limita o funcionamento no comércios e só poderão funcionar serviços considerados essenciais, como farmácias e supermercados. Toque de recolher passa a vigorar das 18h às 5h e está proibido o acesso a praças e parques públicos da cidade.

Na sexta-feira, Aquidauana, Campo Grande e Miranda foram sinalizados pelo Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia) com bandeira preta, faixa de extremo risco para a pandemia de novo coronavírus.

A bandeira preta sinaliza o mais grave nível do programa de monitoramento, com recomendação de manter abertas apenas atividades consideradas essenciais (como alimentação, unidades de Saúde e postos de combustível), o chamado lockdown. A restrição é apontada como saída para garantir isolamento social e frear a curva de contágio pelo vírus.

Na sexta, pessoas que tentavam entrar no distrito forçaram o obstáculo e moveram as manilhas.
Na sexta, pessoas que tentavam entrar no distrito forçaram o obstáculo e moveram as manilhas.