A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

18/10/2018 21:55

Aposta por pinga motivou travessia de lago que terminou em morte

Adriano Fernandes
Resgate do corpo no final desta tarde. (Foto: Adilson Domingos) Resgate do corpo no final desta tarde. (Foto: Adilson Domingos)

Os bombeiros encontraram por volta das 17h, desta quinta-feira (18) o corpo do moçambicano Geraldo Kaunda Assuini, de 42 anos, que morreu ao tentar atravessar a nado o lago do Parque Arnulfo Fioravanti, que fica atrás da rodoviária de Dourados, cidade a 233 quilômetros de Campo Grande.

Antes de tentativa de travessia, segundo a namorada dele, Edna Lucia, de 48 anos, ele teria apostado com o colega uma garrafa de cachaça, durante o churrasco no parque. 

“Estávamos de boa, assamos uma carne e eles apostaram uma garrafa de Jamel (pinga) para ver quem atravessava”, disse ao Dourados News.

Desde o desaparecimento, no início da tarde de ontem (17) mergulhadores procuravam a vítima. A PMA (Policia Militar Ambiental) também ajudou nas buscas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions