ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Apreensão de maconha tem perseguição policial e tiros em pneus

Ele foi preso com quase 720 kg da droga, transporte do entorpecente foi a mando de amigo que está preso

Por Ana Oshiro | 21/02/2021 11:15
Veículo foi apreendido com 716,7 quilos de maconha (Foto: Divulgação/PMR)
Veículo foi apreendido com 716,7 quilos de maconha (Foto: Divulgação/PMR)

Alexandre Alex de Souza Gimenes, de 20 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas, após perseguição policial na rodovia MS-164, na madrugada deste domingo (21), em Ponta Porã, a 323 km da Capital.

O jovem, que é natural de Ponta Porã, confessou que receberia uma certa quantia para levar a droga até a Campo Grande e disse que foi contratado por um amigo, identificado como "Biboca", que está preso desde dezembro de 2020.

A equipe da PMR (Polícia Militar Rodoviária) realiza policiamento quando um veículo Volkswagen Gol, com placas Mercosul, trafegando no sentido Ponta Porã para o distrito de Nova Itamarati, não obedeceu ordem de parada e fugiu do bloqueio policial.

Os policias perseguiram o carro por cerca de 5 km e precisaram atirar nos pneus para forçar a parada do motorista, que colocava outros veículos em perigo ao dirigir em zig-zag para tentar despistar a equipe da PMR.

Após imobilizar o carro e deter o motorista, os policias realizaram vistoria no veículo, que estava lotado de maconha e com saco preto nos vidros traseiros. A droga foi pesada e totalizou 716,7 quilos.

De acordo com Alexandre, no início de 2021 ele já havia feito uma entrega de drogas em Campo Grande, onde deixou 1 tonelada de maconha em um hotel da Capital, a mando de "Biboca". Nas duas ocasiões ele recebia as ordens por meio de um casal, por mensagens de whatsapp.

A apreensão aconteceu durante a Operação Hórus, desencadeada pela Sejusp/MS (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul) e pela Seopi (Secretaria Nacional de Operações Integradas) do Ministério de Justiça e Segurança Pública.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário