ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Bandido morre ao trocar tiros com a polícia durante operação

David Soares Andrade, conhecido como "Coala", foi morto por policiais da Denar, ao reagir à abordagem

Por Bruna Marques e Sidney Assis, de Sonora | 05/04/2024 07:38
David Soares Andrade morto ao trocar tiros com a polícia (Foto: Reprodução/ Redes sociais)
David Soares Andrade morto ao trocar tiros com a polícia (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

David Soares Andrade, 23 anos, conhecido como “Coala”, morreu na manhã desta sexta-feira (5), após trocar tiros com a polícia, durante a Operação Divisa Segura, em Sonora, distante 362 quilômetros de Campo Grande.

A ação envolvendo 70 policias civis e militares é coordenada pela Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) e visa o combate ao crime organizado no município. A megaoperação conta ainda com o apoio de uma aeronave.

Segundo o delegado de Sonora, Alan Patrick Rodrigues da Cruz, ao todo, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão. Na casa de David, ele reagiu à abordagem de equipe da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) de Campo Grande, houve troca de tiros e o jovem acabou atingido.

Arma apreendida pela polícia (Foto: Sidney Assis)
Arma apreendida pela polícia (Foto: Sidney Assis)

Os policias levaram o rapaz para o hospital, mas ele não resistiu. David acumulava passagens criminais, entre elas a de homicídio, tráfico de drogas e roubo.

O objetivo da força-tarefa, conforme explica o delegado, é devolver a segurança para a população da cidade. "Queremos recuperar a segurança pública de Sonora que vem sendo palco de vários crimes de tráfico e homicídio qualificado, para que a população volte a sair na rua sem preocupação", disse.

Durante a ação, foram apreendidas arma e droga.

Droga apreendida durante operação (Foto: Sidney Assis)
Droga apreendida durante operação (Foto: Sidney Assis)

Na semana passada - A ação começou na quinta-feira (28) e na ocasião sete pessoas foram presas. Além disso, José Augusto Pereira da Silva, de 28 anos, conhecido como “Da Leste”, morreu, segundo a polícia, também por receber abordagem atirando. No relatório sobre o confronto, ao qual o Campo Grande News teve acesso parcial, a operação havia sido batizada de "Cidade Limpa".

Conforme apurado pelo Campo Grande News, os presos foram trazidos para Campo Grande. A investigação da Polícia Civil de Sonora representou pelo pedido de prisão de faccionados que aterrorizam a cidade, com isso, equipes da Capital - do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) e Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) - foram até o município para dar apoio na captura dos procurados. A Polícia Militar também participou das diligências.

Viaturas da Polícia Civil em frente a delegacia de Sonora (Foto: Sidney Assis)
Viaturas da Polícia Civil em frente a delegacia de Sonora (Foto: Sidney Assis)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias