A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

06/12/2012 07:49

Bandidos invadem pelotão da PM após explodir cofre em Aral Moreira

Francisco Júnior
Agência ficou danificada após ação dos bandidos. (foto: Aral Moreira News)Agência ficou danificada após ação dos bandidos. (foto: Aral Moreira News)

Bandidos que explodiram o cofre da agência do Banco do Brasil de Aral Moreira na noite de ontem (5), invadiram o pelotão da Polícia da Militar da cidade após a ação e fizeram de refém o policial que estava de plantão.

O batalhão fica distante cerca de 600 metros da agência bancária. Os bandidos fugiram do local levando o PM e uma viatura. Eles seguiram sentido Paraguai.

O policial e a viatura foram abandonados ainda no território brasileiro, enquanto que os assaltantes adentraram para o lado paraguaio da fronteira.

A quadrilha invadiu a agência por volta das 20h40 de ontem. Entraram quebrando a vidraça da entrada. Após explodirem o cofre, pegaram todo o dinheiro que havia no compartimento. O valor roubado não foi divulgado.

Informações do site Aral Moreira News dão conta de que os assaltantes estavam numa caminhonete Ford Ranger e chegaram a dar tiros de espingarda calibre 12 para o alto.

Velório de jovens mortos em acidente leva 400 à ginásio e cancela Carnaval
O velório de quatro dos cinco jovens mortos em um acidente na rodovia BR-060, em Camapuã - município localizado a 133 km de Campo Grande -, levou pel...
Incêndio em fazenda é controlado e prejuízo pode ser de R$ 2 milhões
O incêndio que atingiu a fazenda Novilho, localizada em Caarapó - município que fica a 283 km de Campo Grande - e ocupada por índios Guarani-Kaiowá d...



Concordo com o amigo Paulo, que saudades dos velhos tempos em que a policia nesta região era respeitada, o inspetor Licínio e o coronel Adib não dava chance para estes marginais. O povo do MS poderia se sentir mais seguro, hoje estamos a merce destes marginais e de seus protetores Direitos humanos, OAB, Ministerio publico, e outros. Ou seja a população esta abandonada a sorte.
 
Ramão Rodrigues em 06/12/2012 15:52:40
Que saudade dos tempos do GOE - Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil, chefiado pelo Inspetor Licínio, nome temido pela bandidagem da época. Claro que também não poderia deixar de citar o Coronel Adib, que também prestou serviços relevantes à população deste estado, especialmente do povo douradense.
 
Paulo Salatier Delmanto em 06/12/2012 11:03:43
Um só policial de plantao numa cidade da fronteira é falta de efetivo policial.
 
Silverio Gomes da Silva em 06/12/2012 08:31:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions