A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/12/2015 06:56

Bandidos sequestram e matam produtor rural para roubar Hilux

Liana Feitosa
No boletim de ocorrência registrado sobre o caso, a fílha da vítima disse à polícia que, ao entrar em casa, no bairro Jockey Clube, ela e o pai encontraram dois bandidos armados. (Foto: Reprodução)No boletim de ocorrência registrado sobre o caso, a fílha da vítima disse à polícia que, ao entrar em casa, no bairro Jockey Clube, ela e o pai encontraram dois bandidos armados. (Foto: Reprodução)

Produtor rural de Porto Murtinho, cidade a 431 quilômetros de Campo Grande, foi sequestrado e morto ontem (1), terça-feira. De acordo com o radialista do município, Edicarlos Oliveira, Benedito Carlos Ferreira de 56 anos, foi encontrado morto na MS-195, vicinal que dá acesso à Colônia Ingazeira.

No boletim de ocorrência registrado sobre o caso, a fílha da vítima disse à polícia que, ao entrar em casa, no bairro Jockey Clube, ela e o pai encontraram dois bandidos armados. Os autores sequestraram a vítima e fugiram na caminhonete dele.

Detalhes - A caminhonete, uma Hilux com placas de Ponta Porã, foi encontrada abandonada próxima ao km 5 da mesma estrada onde Benedito foi localizado. Indícios apontam que o homem foi morto com um tiro na nuca.

Ainda segundo relatos do radialista Edicarlos, após localizarem a caminhonete, a polícia foi acionada por um morador de uma fazenda próxima ao local onde o veículo foi encontrado depois que escutou barulho de tiro.

A polícia retornou ao local, e em poucos minutos, localizou o corpo poucos metros do ponto onde estava o veículo.
Benedito Carlos Ferreira tinha 56 anos, casado e pai de duas filhas. Ele era proprietário da Estância 12 de Outubro, localizada no alto Paraguai. De acordo com a esposa de Carlos Ferreira, a filha dela e o marido estavam chegando de viagem e foram surpreendidos por dois homens que já estavam no interior da residência.

Sequestro - "O Carlos foi levado por eles, ele disse aos homens: 'leva a camionete, leva o que quiserem', mas eles levaram o meu marido", disse. Ainda de acordo com as informações de Edicarlos, após a fuga dos bandidos da casa, a filha da vítima saiu da residência gritando "socorro, sequestraram meu pai!". O caso foi registrado como homicídio simples na delegacia de Porto Murtinho.

A caminhonete, uma Hilux com placas de Ponta Porã, foi encontrada abandonada próxima ao km 5 da mesma estrada onde Benedito foi localizado. (Foto: Divulgação/ Edicarlos)A caminhonete, uma Hilux com placas de Ponta Porã, foi encontrada abandonada próxima ao km 5 da mesma estrada onde Benedito foi localizado. (Foto: Divulgação/ Edicarlos)
Indícios apontam que o homem foi morto com um tiro na nuca. (Foto: Divulgação/ Edicarlos)Indícios apontam que o homem foi morto com um tiro na nuca. (Foto: Divulgação/ Edicarlos)
Passo do Piraju deve receber posto de saúde e energia, determina Justiça
O MPF-MS (Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul) conseguiu na Justiça que a União fosse condenada a construir um posto de saúde e instalar...
Dourados abre período de pré-matrículas em escolas e creches municipais
Foi aberto nesta segunda-feira (11) o período de inscrições para matrícula (a pré-matrícula) nas unidades escolares e Centros de Educação Infantil de...


Porque homicídio simples? Sequestro deixou de ser considerado crime hediondo? E além do mais, a vítima foi morta com um tiro na nuca, sem condições de se defender, provavelmente foi ameaçada e torturada... Não entendo a justiça deste nosso país... E tudo aí está levando a crer que não foi apenas para roubar a camionete, isso etá parecendo a vingança por algum motivo, já que a camionete foi abandonada... Jamais que isso poderá ser considerado homicídio simples.
 
Mariana Carvalho em 02/12/2015 15:50:54
Homicídio simples, sequestro e execução? O que eles roubaram da vítima?
 
MC em 02/12/2015 11:18:57
E agora hipócritas, vocês ainda são contra a Pena de Morte?
 
Barbarossa em 02/12/2015 11:05:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions