ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 32º

Interior

Bombeiros do 3º Subgrupamento recebem reforço de três novas viaturas

Por Nyelder Rodrigues | 28/12/2016 18:32
Viaturas vão reforçar trabalho em Nova Andradina e região (Foto: Divulgação)
Viaturas vão reforçar trabalho em Nova Andradina e região (Foto: Divulgação)

Três novas viaturas foram entregues semana passada para reforçar o trabalho realizado pelos militares do 3º Subgrupamento de Bombeiros de Nova Andradina - cidade localizada a 300 km de
Campo Grande - e que atende também os municípios vizinhos de Batayporã e Taquarussu.

Os veículos, entregues pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), são uma camionete Mitsubishi L-200 e um carro Fiat Siena, ambos usados para auxiliar salvamentos, e uma ambulância usada como UR (Unidade de Resgate).

O repasse das viaturas fazem parte do programa MS Mais Seguro, do Governo do Estado. "Nós que tivemos a felicidade de viabilizar a vinda da corporação e assegurar os recursos de 50% para a construção do prédio da unidade, buscamos ao longo de nossos mandatos, reforçar as tratativas com o Governo do Estado para ampliar o efetivo, frisa o prefeito Robero Hashioka (PSDB).

Para a comandante do subgrupamento, major Tatiane de Oliveira Dias Inoue, , o investimento do Governo do Estado com a destinação das novas viaturas geram qualidade no atendimento à população. "Estamos praticamente com uma frota completa que vêm para fortalecer a seccional", destaca.

Entre as iniciativas que contaram com a parceria do Executivo Municipal, destaca-se o projeto "Bombeiros do Amanhã" e a Base do Corpo de Bombeiros localizada em Nova Casa Verde. Instalada em uma das salas da subprefeitura, cedida para a corporação, a unidade reforça os atendimentos na região.

"A extensão do Corpo de Bombeiros em Nova Casa Verde representa uma grande conquista. Viabilizada com a mobilização da Câmara, da Assembleia Legislativa e através da sensibilidade da major Tatiane e a determinação do comandante Geral, Esli Ricardo de Lima, irá garantir o resgate de vidas", frisa Hashioka.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário