A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

30/01/2015 12:44

Caçadores se perdem no Pantanal e após 2 dias são resgatados e presos

Viviane Oliveira
Familiares recebem trio que estava desaparecido desde o dia 27. (Foto: divulgação/PMA)Familiares recebem trio que estava desaparecido desde o dia 27. (Foto: divulgação/PMA)

Três caçadores ficaram perdidos durante 50 horas no Pantanal, foram resgatados e presos pela PMA (Polícia Militar Ambiental). O trio estava caçando em um fazenda distante 5 quilômetros da Fundação Bradesco, a 60 quilômetros de Miranda, quando se perderam. A polícia foi acionada pelos familiares dos caçadores que ficaram preocupados com a falta de notícia.

Os parentes preocupados com o sumiço do trio acionaram a polícia, que iniciou as buscas junto com voluntários. Os familiares relataram que os homens saíram para caçar na última terça-feira (27), com armas e com cachorros.

Ontem (29), os militares, junto com o Corpo de Bombeiros, localizaram por volta das 11h20 os desaparecidos. Depois de ficar quase 50 horas sem água e alimentação, o trio estava debilitado. Os homens foram encontrados em uma propriedade relativamente distante do local que haviam partido. Os caçadores de 54 anos, 20 e 26 anos confessaram que estavam praticando a caça predatória. A polícia encontrou com eles três armas, duas espingardas calibre 36 e uma calibre 22, além de duas facas e três cartuchos deflagrados.

Os caçadores contaram que não abateram nenhum animal silvestre, mas que perseguiram um cateto, uma queixada e atiraram em um porco monteiro, antes de perceberam que estavam perdidos no interior da mata. Os homens se alimentaram de brotos de bacuris e passaram a noite em cima de árvores, porque na região tem muita onça pintada.

Os três foram levados para uma unidade de saúde de Miranda e, em seguida foram para a Delegacia de Polícia Civil. O trio vai responder por caça sem autorização do órgão ambiental e por porte ilegal de armas. Se condenados, poderão pegar de dois a quatro anos de reclusão pelo porte ilegal de arma e mais de seis meses a um ano de detenção pelo crime ambiental. Os infratores ainda receberam multa individual correspondente a R$ 1,5 mil.

Homem que mantinha mulher e oito filhos em cárcere privado é preso
Um homem que mantinha sua mulher e seus oito filhos em cárcere privado dentro de um quarto, no Conjunto Pantanal, em Corumbá - cidade localizada a 41...
Colisão entre dois carros na BR-158 resulta na morte de homem de 58 anos
Um homem de 58 anos morreu e outro de 68 ficou ferido após uma colisão envolvendo dois carros na rodovia BR-158, em Paranaíba - município localizado ...
Exposição fotográfica 'Forte de Coimbra' começa nesta sexta-feira
Começa nesta sexta-feira (24) em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - a exposição fotográfica Forte de Coimbra, realizada pela UEM...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions