ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Incomodado com latido, homem corta boca de cachorro com facão

Dono do animal confessou o crime, mas não foi preso

Por Adriano Fernandes | 20/01/2021 21:44
Animal foi resgatado e encaminhado para uma clínica veterinária. (Foto: Polícia Civil) 
Animal foi resgatado e encaminhado para uma clínica veterinária. (Foto: Polícia Civil)

Um cachorro teve a boca cortada com um facão pelo próprio dono para que parasse de latir em uma propriedade rural em Chapadão do Sul, município que fica a 321 quilômetros de Campo Grande. O animal foi resgatado pela Polícia Civil nesta quarta-feira (20) e apesar de não ter sido preso o homem vai responder judicialmente pelo crime de maus-tratos.

Os policiais estiveram nesta tarde na propriedade que fica a 40 quilômetros do perímetro urbano, depois de receber uma denúncia anônima sobre o caso. Aí chegarem no local, os investigadores encontraram o cão com cortes profundos e o focinho mutilado.

O animal estava amarrado sob uma árvore com os ferimentos ainda abertos. O dono do cachorro então foi identificado e admitiu que na noite de sábado (16), ficou bêbado e agrediu o animal com golpes de facão por que “ele estava latindo”.

Segundo testemunhas, as agressões só pararam porque o irmão do agressor impediu que o homem matasse o animal. Apesar de ter confessado o crime, o criminoso não foi preso pois já havia se passado o período do flagrante que é de até 24h após o crime.

Porém, ele foi qualificado e será indiciado pelo crime qualificado de maus-tratos contra animais, que tem pena de até 5 anos de prisão. O animal, extremamente dócil, foi resgatado pelos investigadores e transportado na viatura policial até a cidade onde foi internado em clínica veterinária.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário