A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

20/04/2016 09:50

Campanha de vacinação contra raiva pretende imunizar 20 mil animais

Renata Volpe Haddad
Vacinação começa na segunda-feira (25) em Corumbá, município com dois casos confirmados da doença, este ano. (Foto: Diário Corumbaense)Vacinação começa na segunda-feira (25) em Corumbá, município com dois casos confirmados da doença, este ano. (Foto: Diário Corumbaense)

A primeira campanha de vacinação de 2016 contra a Raiva começa na próxima segunda-feira (25) em Corumbá, distante 419 km de Campo Grande, com meta de vacinar 20 mil animais na zona urbana, até 24 de junho.

Até agora, o vírus foi confirmado este ano em um cachorro, no bairro Guaicurus, e em morcego, no bairro Popular Nova. Outros casos suspeitos foram enviados para exame laboratorial, mas não deram positivo.

De acordo com informações do site Diário Corumbaense, equipe formada por vinte agentes de endemias, dividida em dez duplas, irá percorrer todas as ruas da cidade visitando cada casa onde há animais de estimação.

Dessa vez, não haverá auxílio de militares. A partir das 07h da manhã, os agentes darão início à campanha no bairro Nova Corumbá. A equipe vai atuar de segunda a sexta, das 07h às 13h. Em seguida, os agentes seguem para o Guató e Cristo Redentor. Serão cerca de nove dias nesses três bairros para poder seguir para o Previsul, Industrial e Popular Velha.

O agente de endemias da equipe de organização da campanha, Edir Marques, explicou que vacinação vai começar pela parte alta do município, por causa dos casos já confirmados e suspeitos que existem ali.

“Mais uma vez a participação da população é essencial para que a campanha tenha sucesso e para isso é preciso que as pessoas permitam que os animais sejam vacinados, porque o vírus está circulando e colocando vidas em risco”.

Segundo ele, como a cidade viveu surto da doença em 2016 e já apresentou casos este ano, é preconizado pelo Ministério da Saúde que haja duas campanhas de vacinação por ano. A próxima acontecerá a partir de outubro.

Conforme o CCZ, quando encerrada a campanha na zona urbana, o município irá enviar os agentes de endemias à zona rural, onde o mesmo procedimento será realizado de casa em casa. Na região ribeirinha, a imunização dos animais acontece através do programa Povo das Águas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions