ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  21    CAMPO GRANDE 14º

Interior

Candidato que chutou corpo de homem executado é eleito prefeito pela 4ª vez

José Carlos Acevedo teve a sobrinha executada neste sábado (09)

Por Adriano Fernandes | 10/10/2021 20:53
José Carlos Acevedo. (Foto: Reprodução/La Nacion)
José Carlos Acevedo. (Foto: Reprodução/La Nacion)

Pela 4ª vez consecutiva, o político José Carlos Acevedo foi eleito neste domingo(10), prefeito de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã, a cerca de 323 quilômetros da Capital. Com uma vantagem de 7.869 votos sobre Marcial Lezcano, que ficou em segundo lugar, José Carlos Acevedo foi eleito com 23.398 votos. Armando Villalba obteve 675 votos, enquanto Carlos Fernández teve 599 votos.

Ao todo, 42.522 eleitores deixaram de votar, o que representou uma taxa de participação de 59,33% dos eleitores cadastrados em Pedro Juan Caballero, ainda de acordo com o site Ponta Porã News. O domingo chuvoso e a chacina de ontem podem ter contribuído para o alto número de abstenções.

De família tradicional na política paraguaia, José é irmão do senador Robert Acevedo e do governador de Amambay, Ronald Acevedo, que perdeu a sua filha, Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, em um atentado a tiros ontem (09), em Pedro Juan. Após o crime, José chutou o corpo do namorado da jovem, Osmar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos, que também foi morto no ataque. José Carlos também agrediu outro familiar da vítima, dizendo que a sobrinha foi morta por causa de Osmar. (Veja aqui). Outras duas pessoas também morreram no atentado.

Já para a Câmara de Vereadores da cidade foram eleitos Carolina Yunis de Acevedo com 3.526 votos, seguida por Zulma Ycassatty de Acevedo com 3.199, César Torres Lesme 2.787, Lurdes Amarilla 1.866, Ever Salinas com 1.534 votos e Ignácio Cantero com 1. 139 votos.

Santiago Alfredo Benítez teve 3.206 votos, Carmen Aguero com 1.923, Larissa Winckler com 1.697, Ivo Lezcano 1.223 e Jorge Medina Rivarola com 1.116 votos. O resultado oficial das eleições municipais no Paraguai deve ser divulgado ainda na noite deste domingo.

Nos siga no Google Notícias