ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Casa é incendiada após homem chamar a PM para conter som alto de vizinho

Caso ocorreu na madrugada de hoje. local incendiado é alugado pela vítima e pertence à irmã do suposto autor

Por Lucia Morel | 26/09/2020 11:58
Fogo consumiu vários bens e móveis da casa. (Foto: Maikon Leal/Coxim Agora)
Fogo consumiu vários bens e móveis da casa. (Foto: Maikon Leal/Coxim Agora)

Depois de ter que acionar a Polícia Militar em Coxim, cidade a 258 Km de Campo Grande, homem de 42 anos teve a casa incendiada nesta madrugada. O suspeito, identificado como Istéfano Silva de Araújo, 22 anos, não foi localizado até o momento.

Boletim de ocorrência revela que a vítima chamou a PM por volta das 23h30 de ontem para conter som alto do vizinho, Istéfano, que é irmão da dona da casa alugada pelo reclamante.

No momento em que os policiais chegaram lá, Istéfano quis negar o cumprimento da ordem, mas acabou abaixando o volume do som. Antes, no entanto, a vítima já havia solicitado, pessoalmente, o mesmo ao jovem, que não atendeu ao pedido e por isso acabou chamando os militares.

O vizinho que reclamou, no momento em que a PM chegou, não quis registrar boletim de ocorrência e acreditando que estava tudo resolvido, foi para casa. Mas cerca de 1h30 depois, a PM foi novamente chamada devido incêndio na casa da vítima, que junto com sua namorada e o cunhado, tentavam apagar o fogo.

Ele contou aos policiais que estava deitado quando começou a ouvir barulhos no telhado da residência, como se as telhas estivessem sendo retiradas. Com medo, a namorada pediu para que saíssem dali e fossem para a casa de sua mãe, o que foi feito.

Saindo da casa, encontraram Istéfano, que correu atrás deles gritando: “você não é homem, vem em mim, e tudo que você fez não vai ficar assim, vou te matar agora. Espera aí pra você ver o que vai acontecer com você”. A vítima informou que o vizinho os perseguia e colocava as mãos na cintura, como se estivesse armado.

Algum tempo depois, a vítima retornou à casa, temendo que algo pudesse ter ocorrido no local e se deparou com o espaço em chamas. Todos os cômodos e vários móveis já haviam sido danificados, como televisão, calçados, roupas, ventilador e outros.

Para a vítima, o autor do crime é Istéfano, que fugiu e não foi localizado até o fechamento deste material.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário