A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/08/2016 08:06

Chefe da produção de maconha é preso com arsenal em Capitán Bado

Helio de Freitas, de Dourados
Arsenal encontrado com barão da maconha em Amambay (Foto: Direto das Ruas)Arsenal encontrado com barão da maconha em Amambay (Foto: Direto das Ruas)
Felipe Rodriguez era procurado por sequestro e triplo homicídio (Foto: Direto das Ruas)Felipe Rodriguez era procurado por sequestro e triplo homicídio (Foto: Direto das Ruas)

Foi preso ontem (18) o homem apontado como “patrão” das lavouras de maconha na zona rural de Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande. Felipe Barão Escurra Rodriguez, 39, é apontado como um dos maiores fornecedores da droga para o Brasil.

Ele foi localizado durante operação da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai em uma das várias regiões produtoras de maconha que existem no departamento (equivalente a estado) de Amambay.

Com Felipe Rodriguez, os policiais encontraram um arsenal formado por dois fuzis automáticos, um rifle de precisão e uma submetralhadora, carregadores e munição. A operação foi acompanhada pelo promotor de Justiça Samuel Valdez, de Pedro Juan Caballero.

De acordo com a polícia paraguaia, “Barão” era procurado por tráfico de maconha e possui antecedentes por sequestro e triplo homicídio.

Rodriguez foi levado para Pedro Juan Caballero e deve ser transferido para a penitenciária de Assunção. No mês passado, o ministro da Justiça do Brasil, Alexandre Moraes, prometeu ajuda do governo brasileiro ao Paraguai para combate às lavouras de maconha na faixa de fronteira, de onde sai 90% da maconha consumida em território nacional.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions