ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 10º

Interior

Chuva desabriga moradores, obstrui rodovia e deixa bairros sem energia e água

Cidade ainda contabiliza prejuízos após tempestade que atingiu região neste sábado

Por Liana Feitosa | 15/05/2022 08:54



No interior de Mato Grosso do Sul a chuva forte que chegou ao Estado neste sábado (14) destelhou casas, causou queda de árvores e postes, e obstruiu até rodovia na região de Miranda, a 208 quilômetros de Campo Grande.

Chuva causou estragos em comércios de Miranda. (Foto: O Pantaneiro)
Chuva causou estragos em comércios de Miranda. (Foto: O Pantaneiro)

Nesse município, um posto de combustível teve parte da cobertura destruída, muitas residências foram destelhadas e uma pessoa foi encaminhada ao atendimento de emergência do Hospital Municipal Renato Albuquerque Filho após se ferir por causa da tempestade.

Os ventos fortes derrubaram uma árvore que causou obstrução da MS-339, que liga Miranda a Bodoquena. A vegetação já foi retirada pelo Corpo de Bombeiros de Aquidauana.

De acordo com Amarildo Arguelho, chefe da Defesa Civil do município, em quase todos os bairros teve casa destelhada. “Destelhou creche, salão de festa, muitas casas, escolas. Em alguns pontos teve chuva de granizo, mas o vento é que foi muito forte, ele passou arrasando tudo”, conta ao Campo Grande News.

Corpo de Bombeiros de Aquidauana auxiliou na retirada de árvore da MS-339. (Foto: Reprodução/ Redes sociais)
Corpo de Bombeiros de Aquidauana auxiliou na retirada de árvore da MS-339. (Foto: Reprodução/ Redes sociais)

Segundo Arguelho, ainda há bairros sem energia e sem água. “A prefeitura de Miranda e a Secretaria de Obras estão nas ruas atuando fortemente na limpeza e na assistência das pessoas e da cidade. Ainda tem muita árvore em cima de poste de energia, rua bloqueada, muitas casas sem telhas. É trabalho para a semana inteira”, analisa.

Além disso, um posto de combustível localizado no acesso de Miranda pela BR-262  teve a cobertura parcialmente destruída pela ação da tempestade. Moradores de Miranda que necessitam de apoio da Defesa Civil podem entrar em contato com o órgão pelo telefone (67) 99817-5357.

Árvore arrancada pela ação do vento em Miranda. (Foto: O Pantaneiro)
Árvore arrancada pela ação do vento em Miranda. (Foto: O Pantaneiro)



Nos siga no Google Notícias