ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 32º

Interior

Cidade boliviana libera entrada a pé de moradores de Corumbá e Ladário

Conforme decreto, quem cruzar a fronteira deve usar máscaras e álcool em gel

Por Aline dos Santos | 04/09/2020 08:37
Militares seguem na linha internacional para controlar o acesso ao território boliviano.
Militares seguem na linha internacional para controlar o acesso ao território boliviano.

Decreto do prefeito de Puerto Quijarro, Ybar Antelo Dorado, permite o ingresso de bolivianos e estrangeiros da cidade, além de abertura das atividades comerciais no município fronteiriço, porém com restrição de horários e medidas para evitar o contágio do novo coronavírus.

O vice-prefeito da Província de German Busch, Juan Carlos Melean, explicou, em entrevista ao Diário Corumbaense, que a entrada na cidade boliviana, para estrangeiros, neste primeiro momento, se restringe apenas para brasileiros que vivem em Corumbá e Ladário. Ou seja, cidadãos de outras cidades do país e de outras nacionalidades, não poderão cruzar a fronteira.

"O decreto permite a entrada para cidadãos que vivem em cidades gêmeas, como Corumbá e Ladário. Eles poderão entrar na fronteira, em Puerto Quijarro, mas mediante apresentação de um documento que comprove que vivem em uma das cidades. E só poderão cruzar a pé, não com veículos", afirma Juan Carlos.

O horário de ingresso de bolivianos e estrangeiros e também de funcionamento do comércio do país vizinho é das 06h às 20h, de segunda a sexta. Já aos sábados e domingos, o horário é das 06h às 16h.

Também consta no decreto, que as pessoas que entrarem em Puerto Quijarro, por ser um município fronteiriço, estão isentas de apresentar certificado de análise para covid-19, com resultado negativo, mas devem cruzar a fronteira, cumprindo algumas determinações de segurança, entre elas: o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel ou 70.