ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 18º

Interior

Cidade Branca amanhece com "nevoeiro de vapor" que encobriu Rio Paraguai

Fenômeno ocorre quando as águas do rio ficam mais quentes que o ar acima dele

Por Ana Oshiro | 19/05/2022 09:58
Corumbá amanheceu encoberta por névoa branca nesta quinta. (Foto: Diário Corumbaense)
Corumbá amanheceu encoberta por névoa branca nesta quinta. (Foto: Diário Corumbaense)

Nesta quinta-feira (19), a cidade de Corumbá, distante 428 km da Capital, amanheceu com um "nevoeiro de vapor", que deixou o porto geral do município encoberto pela névoa. O fenômeno aconteceu logo nas primeiras horas da manhã, depois que os termômetros registraram mínima de 7,4ºC, com sensação térmica de 6°C, durante a madrugada.

Ponte de Captação também encoberta. (Foto: Diário Corumbaense)
Ponte de Captação também encoberta. (Foto: Diário Corumbaense)

De acordo com o site Diário Corumbaense, o cenário é atípico no Rio Paraguai e deixou a paisagem da cidade ainda mais bonita. Em toda a orla portuária, a imagem era do rio encoberto pela névoa. Até o Farol Balduíno desapareceu em meio ao nevoeiro, assim como a ponte de captação de água.

Conforme explicação do meteorologista Natálio Abrahão Filho, esse fenômeno ocorre em dias muito gelados. “É quando as águas do Rio Paraguai ficam mais quentes que o ar acima dele, gerando essa névoa. Ela não demora, assim que o sol incidir, desaparece”, explicou Natálio.

Nos siga no Google Notícias