ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Cidade volta a proibir rodas de tereré para conter covid-19

Medida começa a valer a partir de amanhã (14) e vai até 28 de maio

Por Gabrielle Tavares | 13/05/2022 17:08
Homem segurando bomba de tereré. (Foto: Henrique Kawanami/Arquivo)
Homem segurando bomba de tereré. (Foto: Henrique Kawanami/Arquivo)

Prefeitura de Bataguassu, município localizado a 313 km de Campo Grande, proibiu rodas de tereré e de narguilé como medida de contenção ao coronavírus. Além disso, supermercados e locais com grande fluxo de pessoas terão que reduzir em 50% a capacidade de atendimento, manter distanciamento de 1,5 metros e disponibilizar álcool em gel.

De acordo com decreto, publicado no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), as medidas deverão ser cumpridas entre 14 e 28 de maio, sob penas de advertências, cancelamento de alvarás, multa e prisão por desobediência.

O município tem cerca de 23 mil habitantes e 14 novos casos da doença no último boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), no dia 10 de maio. No total, foram 4.179 pessoas contaminadas desde o início da pandemia em Bataguassu.

No entanto, continuam liberados eventos e atividades de lazer, assim como aulas presenciais, música ao vivo, funcionamento de parques públicos, hotéis e pousadas, entre outros.

As máscaras continuam obrigatórias em locais públicos - como igrejas, escolas, hospitais e órgãos públicos - e apenas recomendado em lugares abertos.

Nos siga no Google Notícias