A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

03/08/2012 11:43

Gaeco investiga vereadores e funcionários da Câmara de Deodápolis

Nadyenka Castro

Os sete estariam envolvidos em irregularidades com recebimento de diárias e também em fraude com empréstimo consignado

Documentos foram apreendidos em vários locais. (Foto: Deodápolis Agora)Documentos foram apreendidos em vários locais. (Foto: Deodápolis Agora)

Cinco vereadores de Deodápolis , município que fica a 252 quilômetros de Campo Grande, e dois funcionários da Câmara Municipal são os alvos da operação Curupira, realizada pelo Gaeco (Grupo de Atenção Especial de Combate ao Crime Organizado) nesta sexta-feira.

O presidente da Casa de Leis de Deodápolis, Expedido Ponciano (PSD), o vice-presidente José Manoel (PDT), o primeiro secretário Márcio Teles (PSD), o segundo secretário Francisco Euzébio, Valdemir Trevizan (PMDB) e ainda o contador da Câmara e uma trabalhadora tercerizada serão levados para prestar depoimento ao MPE (Ministério Público Estadual).

De acordo com o MPE, os sete são investigados por recebimento de diárias sem ter viajado e ainda por fraude em empréstimos consignados. A suspeita é que eles alteravam holerites para aumentar a margem para o financiamento.

A operação não incluiu a Câmara Municipal de Glória de Dourados, como havia sido divulgado anteriormente. No município foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão: um na casa do contador da câmara de Deodápolis, Osvaldo da Rosa, e outro na residência da prestadora de serviço, Letícia Ramalheiro.

Os mandados são para apreensão de documentos. Há buscas também na Casa de Leis de Deodápolis. Participam da ação 20 policiais do Gaeco e promotores de Justiça. As investigações do Gaeco começaram após denúncias.

Operação do Gaeco apreende documentos em Câmara
Ação é por conta de denúncias recebidas pelo Ministério Público. Não há mandados de prisãoO Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Orga...
Durante bebedeira, homem é esfaqueado pela esposa em aldeia indígena
Homem de 43 anos foi esfaqueado pela própria esposa, uma mulher de 46 anos, na tarde deste domingo (25), por volta das 14h, na Aldeia Jarará, em Juti...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions