A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Junho de 2017

02/05/2013 11:25

Cocaína avaliada em R$ 5 milhões é apreendida pela PF em Corumbá

Luciana Brazil
Polícia Federal confirma que droga tinha alto teor de pureza.Polícia Federal confirma que droga tinha alto teor de pureza.
Droga estava escondida entre as ferragens da carreta. (Fotos:Polícia Federal/Divulgação)Droga estava escondida entre as ferragens da carreta. (Fotos:Polícia Federal/Divulgação)

Uma carreta carregada com 309 quilos de cocaína foi apreendida pela Polícia Federal, na noite de ontem, em Corumbá, a 419 km de Campo Grande. No Brasil, a droga está avaliada em R$ 5 milhões. Foi a maior apreensão de cocaína neste ano, em Mato Grosso do Sul. 

Também foram apreendidas cinco caixas, cada uma com 100 munições de fuzil, arma de calibre grosso, de uso restrito.

De acordo com o delegado da PF, Alexandre do Nascimento, a droga foi preparada na Bolívia e seria levada para São Paulo. Na Europa, segundo ele, a droga poderia ser vendida por até R$ 31 milhões.

Cães farejadores da Força Nacional ajudaram a encontrar a droga, que estava escondida nas ferragens da carreta. Conforme a PF, a cocaína tinha alto teor de pureza e, depois de pesada, totalizou 309 quilos e 100 gramas.

O motorista da Scania é brasileiro, mas não teve a identidade revelada. Ele foi preso em flagrante e é acusado de tráfico internacional de drogas, podendo pegar até 15 anos de detenção. 

Cerca de 500 munições de calibre grosso, de uso restrito, também foram apreendidas. Cerca de 500 munições de calibre grosso, de uso restrito, também foram apreendidas.

A carreta, com placas de Mato Grosso, foi encontrada em uma garagem, na Rua Porto Carrero, em Corumbá. A Polícia Federal já estava investigando empresas transportadoras e alguns tipos de caminhões e carretas. Quando a carreta Scania chegou em Corumbá, os policiais acompanharam a movimentação do motorista e fizeram a abordagem.

O motorista contou uma historia que não convenceu os policiais. Eles acionaram a Força Nacional, com os cães farejadores da corporação, para ajudar na investigação. Ele acabou confessando que havia sido contratado para levar a cocaína até São Paulo.

A carreta foi levada para o Corpo de Bombeiros, onde permanece na manhã de hoje. Segundo policias da PF, militares cortaram as ferragens para encontrar a droga. A cocaína já está sendo enviada para Campo Grande, para superintendência da PF.

A Polícia Federal ainda vai apurar se há ligação com outras duas apreensões feitas no primeiro semestre de 2012, na região de Miranda e Corumbá.




Esse é nosso Brasil.
 
Fernando Barros em 02/05/2013 20:18:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions