A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/02/2016 12:31

Com 620 casos de dengue, cidade faz mutirões contra Aedes até no Carnaval

Força-tarefa criada pela prefeitura para combater focos do mosquito esteve em 2.149 imóveis nos primeiros dias do mês

Helio de Freitas, de Dourados
Mutirões contra mosquito da dengue seguem até este sábado (Foto: Chico Leite/Divulgação)Mutirões contra mosquito da dengue seguem até este sábado (Foto: Chico Leite/Divulgação)

A força-tarefa montada com apoio do Exército contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e zica vírus, mantém durante o Carnaval os mutirões iniciados há três semanas para combater focos do inseto em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Com quase 620 casos suspeitos de dengue notificados até o início desta semana, a Secretaria de Saúde do município realiza os mutirões amanhã no Jardim Flórida, região oeste da cidade. Na segunda-feira, mesmo com o ponto facultativo em todas as repartições municipais, a força-tarefa chega ao BNH 1º Plano, região sul da cidade.

Na Quarta-Feira de Cinzas, quando a maioria dos órgãos municipais estará fechada – a exceção será a Central de Atendimento ao Cidadão, que funciona das 12h às 17h – o mutirão contra a dengue ocorre no Jardim Márcia, região leste de Dourados.

Hoje (5), o mutirão acontece no Jardim Guaicurus, Harrison Figueiredo e Dioclécio Artuzi, na região sul, próximo ao Distrito Industrial da cidade.

De acordo com a prefeitura, no mutirão realizado quarta-feira (3), 2.149 imóveis foram vistoriados no Jardim Água Boa, região mais populosa da cidade. Do total, 357 estavam fechados e os agentes entraram com autorização judicial.

Foram localizados 20 focos do mosquito, menos de 1% dos imóveis visitados pela força-tarefa, segundo o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). Foram feitas 12 notificações aos proprietários de imóveis em situação inadequada. Em apenas uma casa foi preciso fazer a limpeza e recolhimento de entulhos.

Terrenos sujos – A Secretaria de Serviços Urbanos fez roçada em dez terrenos baldios de particulares, cujo serviço será cobrado dos proprietários. Em outros seis imóveis, além da roçada, a prefeitura fez a retirada de entulhos.

A coordenadora do CCZ, Rosana Alexandre da Silva, disse que o objetivo das ações é conscientizar a população sobre a importância de manter quintais limpos para que não haja depósitos propícios à criação do mosquito e outros vetores. No verão, esses insetos se proliferam de forma mais intensa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions