A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

06/08/2019 18:32

Com fixo cortado há meses, prefeitura funciona apenas com celular

Administração atribui situação a gestões anteriores

Tainá Jara
Servidores da prefeitura estão atuando apenas com celulares (Foto: Divulgação/Edinho Corrêa)Servidores da prefeitura estão atuando apenas com celulares (Foto: Divulgação/Edinho Corrêa)

Só no celular. Está é a forma como as repartições públicas da Prefeitura de Bela Vista, município distante 349 quilômetros de Campo Grande, região de fronteira com o Paraguai, funcionam nos últimos meses, depois que houve corte das linhas de telefone fixo.

A situação foi confirmada pelo vice-prefeito da cidade, Gabriel Boccia (PTdoB). Segundo ele, o problema ocorre devido a “imbróglios judiciais” com a empresa OI S. A. gerado por dívidas de gestões anteriores.

Com apenas uma empresa de telefonia atuando com linhas fixas no município, a prefeitura acabou ficando refém da negociação com a empresa, ainda não concluída.

Conforme o vice-prefeito, os servidores estão utilizando telefones celulares para trabalhar e resolver os problemas internos. Ele não soube dizer se os aparelhos utilizados são cedidos pela administração municipal ou se os funcionários estão recebendo alguma espécie de ressarcimento por usar aparelhos pessoais.

A equipe do Campo Grande News entrou em contato com a empresa OI, porém, não recebeu posicionamento até o fechamento da reportagem.

Investigação - Em abril deste ano, operação deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) revelou esquema de fraude em licitações da prefeitura de Bela Vista. Neste mês, o prefeito da cidade, Reinaldo Piti (PSDB), foi denunciado por suposta cobrança de propina junto com outras 11 pessoas suspeitas de envolvimento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions