A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/11/2015 10:59

Com motos, Polícia Militar inicia nova fase de segurança em aldeias

Segurança Pública repassou 12 motocicletas compradas em convênio com Ministério da Justiça e PM vai iniciar policiamento também na aldeia de Caarapó

Helio de Freitas, de Dourados
Motos começam a ser usadas amanhã em policiamento nas aldeias (Foto: Rogério Fernandes/Divulgação)Motos começam a ser usadas amanhã em policiamento nas aldeias (Foto: Rogério Fernandes/Divulgação)

Quase dois meses depois de iniciar o policiamento ostensivo nas aldeias de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, a Polícia Militar recebeu nesta terça-feira (3) as 12 motocicletas compradas pelo Estado em convênio com o Ministério da Justiça.

Oito motos serão usadas na reserva de Dourados e quatro vão para o município de Caarapó, onde a PM vai iniciar agora o policiamento na aldeia Tey kuê, também habitada por índios guarani-kaiowá. Os veículos foram entregues pelo secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Sílvio César Maluf, e começam a ser usados amanhã nas aldeias de Dourados.

“Agora vamos entrar numa nova fase no trabalho desenvolvido nas aldeias desde setembro. Iniciaremos as palestras de trânsito e sobre o combate ao drogas. As motos vão dar mais agilidade e mobilidade ao atendimento, sendo que não serão apenas para o policiamento das aldeias, porque também vão ser utilizadas na cidade”, afirmou ao Campo Grande News o comandante da PM em Dourados, tenente-coronel Carlos Silva.

Cultura e dialeto – Carlos Silva afirmou que as palestras serão importantes para reduzir a resistência da comunidade indígena à presença de policiais militares na reserva mais populosa do país, com pelo menos 15 mil índios.

“Conseguimos estabelecer uma parceria que deve ser melhorada a partir da chegada dessas motos e de outras viaturas que serão destinadas para Dourados. A resistência é normal devido a dificuldades relacionadas à cultura e dialeto e pelo desconhecimento das leis por parte de alguns membros da comunidade. As palestras serão importantes para mudar essa realidade”, afirmou o comandante.

Carlos Silva disse que a PM vai implantar o policiamento comunitário nas aldeias, com apoio das lideranças locais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions