A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/11/2015 14:25

Começa pesquisa que vai orientar Plano de Mobilidade Urbana

Ciclistas e pessoas que usam transporte coletivo começaram a ser entrevistas por empresa gaúcha nesta segunda-feira em Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Estudo sobre mobilidade urbana vai identificar necessidades de ciclistas e pedestres (Foto: Divulgação)Estudo sobre mobilidade urbana vai identificar necessidades de ciclistas e pedestres (Foto: Divulgação)

Começou nesta segunda-feira em Dourados, a 233 km de Campo Grande, a pesquisa que vai orientar na elaboração do Plano de Mobilidade Urbana da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. O trabalho é feito pelo escritório Edson Marchioro Arquitetura, Urbanismo e Engenharia, de Caxias do Sul (RS), contratado pela prefeitura.

Pesquisadoras da empresa estão entrevistando pessoas que utilizam o transporte coletivo urbano e os ciclistas. De acordo com a prefeitura, o trabalho é coordenado pelas arquitetas Sílvia Lunas e Caroline Arcego.

Os principais pontos de abordagem são o terminal de transbordo, a Praça Antônio João, o terminal rodoviário, o Atacadão e as universidades. Segundo a prefeitura, as pesquisadores usam camiseta amarela e estão identificadas com crachá da empresa.

“As interferências agora e nos próximos anos, de acordo com o plano, tornarão Dourados uma cidade moderna e melhor para todos viverem”, afirmou o secretário de Planejamento, Luis Roberto Martins Araújo.

De acordo com as arquitetas, o Plano de Mobilidade Urbana vai interferir em toda a cidade, com o objetivo de promover o uso racional e eficiente dos meios de locomoção. “A prioridade é sempre o pedestre, depois o ciclista e o transporte coletivo. Aí vêm as motos e o transporte de cargas. Por último os veículos de passeio. Todo o trabalho é feito em cima das diretrizes da mobilidade urbana moderna”, afirma a arquiteta Sílvia Lunas.

A pesquisa – O trabalho vai identificar qual o percentual de pessoas usam o transporte coletivo em Dourados, quantos dias por semana, como pagam a passagem, como qualificam o serviço e coletar sugestões para melhoria.

Entre os ciclistas, a pesquisa vai identificar com que frequência e para que usa a bicicleta e se utilizam ciclovias. “Se ainda não usa bicicleta, o que o faria utilizar?”, é uma das questões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions