ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 14º

Interior

Comerciantes são presos por abate e venda de carne clandestina

Polícia Civil apreendeu 930 quilos de carne nos locais onde suspeitos comercializavam e abatiam animais

Por Bruna Marques | 22/10/2023 10:52
Carne clandestina pendurada na propriedade rural onde comerciante foi preso (Foto: Divulgação/PCMS)
Carne clandestina pendurada na propriedade rural onde comerciante foi preso (Foto: Divulgação/PCMS)

Dois comerciantes de 40 e 46 anos foram presos neste sábado (21), durante operação da Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo), por matarem animais e venderem carne clandestina, em Corumbá, distante 428 quilômetros de Campo Grande. Ao todo, foram apreendidos 930 quilos da proteína animal.

O comerciante de 40 anos foi preso no Assentamento Taquaral, na zona rural de Corumbá. No momento da abordagem, ele estava carneando uma vaca. No local, a equipe encontrou no expositor e nos freezers 260 quilos de carne clandestina.

Já o comerciante de 46 anos foi preso em um bairro do município vendendo carne de abate clandestino. O suspeito comprava animais nos assentamentos da cidade e os vendia sem inspeção sanitária obrigatória. Com ele foram apreendidos 670 quilos de carne.

De acordo com a Polícia Civil, a venda de alimentos sem inspeção traz sérios riscos à saúde da população como exposição a cisticercose, tuberculose, brucelose, sem contar que os conservantes utilizados na fabricação de linguiça podem trazer doenças graves como câncer se forem utilizados em excesso.

Pedaços de carne e carcaça de boi em cima de balcão (Foto: Divulgação/PCMS)
Pedaços de carne e carcaça de boi em cima de balcão (Foto: Divulgação/PCMS)

A operação contou com o apoio do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros) e Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias